Com 92% dos votos, Fael é o vencedor do Big Brother Brasil 12

De lavada, o veterinário Fael passou por Fabiana na final e garantiu a vitória do Big Brother Brasil 12, faturando o prêmio de R$ 1,5 milhão. O sul-mato-grossense confirmou seu favoritismo absoluto e recebeu 92% dos votos a noite desta quinta-feira (29) – foram mais de 43 milhões de votos. Fabiana, em segundo lugar, ficou com R$ 150 mil. Eliminado na terça-feira, o gaúcho Jonas ficou em terceiro e recebeu R$ 50 mil.

Os 92% colocam Fael como o campeão que recebeu maior aprovação na final da história do reality show, superando a marca de Diego Alemão, vencedor do BBB 7 com 91% dos votos.

“São dois campeões. Chegaram até aqui, cada um por seus próprios méritos e motivos. Cada um construiu seu caminho, singular e vencedor”, disse o apresentador Pedro Bial. Ele classificou a passagem de Fabiana na casa de “cheinha de curvas” e de entrega, “agudos picos… abismos mudos…. “, disse, falando sobre os altos e baixos da paulista dentro de casa, chamando-a de mulher apaixonada e apaixonante.

“Fael, não: a primeira coisa que ele tenta esconder é seu segredo. Sem deixar de sugerir que tem, tem sim um segredo”. O público, disse Bial, só pressentiu esse segredo, mas se atraiu pelo “mel do olhar e carisma” do veterinário. “Tudo o que você podia fazer era fazer o que devia fazer. Você fez o que tinha que ser feito, e fez direito, campeão Fael”, encerrou, anunciando o resultado da votação.

Fael gritou muito e assim que saiu foi abraçado pelos ex-confinados Jonas e João Maurício, que revelaram estar usando uma camisa em torcida pelo veterinário – e o próprio sul-mato-grossense vestiu a camisa, que trazia uma citação à Praia e os chamava de “el trio peligroso”. A primeira fala como milionário? “Eu amo muito tudo isso”.

Além das tradicionais matérias sobre o programa, que mostraram os casais, a festa e a divisão da casa em Praia e Selva, a edição de hoje ainda teve um VT especial com cenas de todos os Big Brothers em homenagem a Pedro Bial, que comemorou aniversário também nesta quinta.  A mineira Renata entrou com um bolo para entregar ao apresentador.

Trajetória
Dentro da casa, Fael se aliou logo ao quarto Praia, de onde era visto como um dos principais participantes, ao lado de João Maurício e Jonas. Ele tinha uma rivalidade com Rafa e os dois chegaram a dizer que queriam encarar um paredão juntos, o que nunca aconteceu.  Fael também ficou marcado por uma amizade forte com Fabiana – e muitas vezes levantou dúvida sobre se teria algum interesse a mais na paulista.

Quase um amor platônico, os dois eram um dos eixos da Praia. A edição até tentou dar uma força, Pedro Bial cansou de chamar Fabi de primeira-dama de Fael, mas não aconteceu nada entre os dois – a paulista é, afinal de contas, casada. O programa brincava com o zero a zero do caubói, que só terminou com a chegada da espanhola Noemí, que ficou uma semana no BBB e iniciou um affair com o brother (de volta ao Gran Hermano, no entanto, ela caiu novamente nos braços do italiano Aless).

O veterinário nunca perdeu seu favoritismo. Ele passou por três paredões na casa – eliminou Mayara, João Carvalho e o amigo Jonas, que durante o programa pareceu ser seu único adversário sério na disputa pelo prêmio final.

Publicado em notícia | Com a tag , | 110 comentários

Inscrições para o BBB 13 começam já nesta sexta-feira

As inscrições para o Big Brother Brasil 13 começam já nesta sexta-feira (30), um dia depois da final da décima segunda edição. O anúncio foi feito ao vivo pelo apresentador Pedro Bial durante o programa de hoje. Bial disse também que serão só dez vagas na próxima edição.

A décima terceira edição já havia sido confirmada pelo diretor do programa, Boninho.

E aí, pronto para o BBB 13?

Publicado em notícia | 161 comentários

Ex-BBBs Diogo e Anamara comentam final da 12ª edição; envie perguntas

O Big Brother Brasil 12 chega ao fim nesta quinta-feira (29) e os ex-participantes baianos Anamara e Diogo Pretto vão comentar a finalíssima entre Fael e Fabiana direto da redação do portal iBahia.

A dupla vai comentar a atual edição e responder a questões cerca de uma hora antes do começo do programa – o bate-papo será transmitido a partir das 21h20 ao vivo pelo Nem Te Conto. Depois, durante o programa, eles vão comentar a edição e os internautas podem acompanhar tudo em um lance a lance.

Os internautas poderão mandar perguntas sobre o final pelo Twitter (@iBahia) e Facebook (www.facebook.com/portalibahia) e também para o perfil do CORREIO (@correio24horas). Participe!

Publicado em notícia | 1 comentário

BBB 12 acaba com final entre amigos e campeão previsível

O Big Brother Brasil 12 acaba na noite desta quinta-feira (29) no que deve ser a final com menos suspense na história do reality show – e olha que isso é uma especialidade do programa, que raramente chega ao último dia com muitas dúvidas sobre quem será o novo milionário do país. As pesquisas variam na porcentagem com que o veterinário Fael deve garantir o R$ 1,5 milhão – vão de 70% a impressionantes 90%. Formada por dois praianos, essa final estava escrita desde o último mês e a única coisa de não óbvia sobre a disputa é o fato de Fabiana estar nela.

Por sorte (ou proteção, dizem os mais conspiracionistas), a paulista se garantiu no top 2. Venceu as três últimas lideranças e não deu chance ao público, que partiu de uma aprovação à garota-propaganda para um ódio irrestrito, de expulsá-la da casa antes do derradeiro momento. Na verdade, também isso não é lá muito inédito – quase todo BBB tem um participante que vai chegando até a final por muitos acidentes de percurso, paredões inesperados, e já teve finalista que nunca conheceu o gostinho da berlinda (aconteceu no BBB6, quando a modelo Mariana chegou à final zerada de paredões e ainda arrematou a segunda colocação).

Fabiana fez muita gente torcer o nariz dentro da casa e recebeu repetidas críticas, principalmente dos selvagens, por forçar uma personagem, ser atriz, fingir, querer aparecer mais que todos. Tudo isso estava lá no começo numa briga entre a paulista e Ronaldo que serviu como um amargo epílogo para o rapaz na casa. Curiosamente, dois meses depois, aliados da garota-propaganda à época agora dizem o mesmo – o eliminado Jonas, o próprio público que quer crucificá-la. Jonas disse que “a máscara caiu” e que se arrepende de não ter indicado Fabiana quando foi líder. Os telespectadores também parecem enxergar uma Fabiana diferente. O mesmo público que bateu pé nas redes sociais pedindo anulação de uma liderança do goiano Yuri em prol de Fabiana passou três semanas escrutinando as provas vencidas pela loira para tentar destroná-la.

A paulista venceu provas que exigiam resistência, inteligência, sorte, rapidez. Adversários dizem que ela usou métodos condenáveis, pressão psicológica, tentava desestabilizá-los (acusações de longa data dentro da casa). Agora nada disso importa, mas é impossível dizer que Fabiana não fez por merecer estar na final. Ela quis demais, insistiu demais, tentou demais, fez tudo demais, jamais se isentou – o resumo de uma participante que só entrou na casa por conta da desistência em cima da hora de outra pessoa.

Já Fael é diferente. Fael já era o vencedor virtual do BBB 12 desde o dia em que levantou da platéia para entrar na casa mais vigiada do país. Pode-se até dizer que ele esteve deitado em berço esplêndido nesses três meses, em que não não chegou a haver muitas dúvidas de que o veterinário se sagraria campeão – quem mais chegou perto de ameaçá-lo foi o amigo Jonas, eliminado na terça-feira, mas mesmo assim não de uma maneira muito forte. Os 54% de eliminação de Jonas é um número enganoso – poucos votos, pouco esforço, público desmotivado pelo paredão considerado precoce. Por mais humilde que Jonas parecesse aos olhos do público, a competição com um caubói do interior do Mato Grosso do Sul era forte demais. Fael jogava contra si mesmo, contra uma possível derrapada que nunca ocorreu.

Mesmo que dentro da casa Jonas tenha se articulado mais e desenhado uma trajetória mais interessante, não importa. No final das contas o BBB segue sendo um jogo de empatia e de julgamento – por parte do público. A trajetória de Fael, para pegar emprestado um texto do apresentador Pedro Bial, foi uma reta. Embora nunca tenha sido insípido e tenha lido bem o jogo (talvez até por isso), ele voou abaixo dos radares. Não se expôs muito e segurou a onda, foi fiel ao seu grupo, jogou num menos é mais. Impecável para os telespectadores.

Aliás, vamos falar dos grupos. Mais um BBB dividido ao meio – como disse o carioca Rafa, esta é uma das constantes do reality. O programa força, a edição força, mas dessa vez os próprios participantes forçaram. A ansiedade da Selva em definir o jogo e partir pr’um tudo ou nada já nas primeiras semanas acabou por matar o BBB 12. Logo ficou claro que o público se comprazia em eliminar os “selvagens” de um por um e deixar o jogo mais e mais sem graça.

A soberba e a cegueira do quarto Selva eram grandes e naquelas primeiras semanas o jogo já  terminou para eles – não houve tempo para uma reinvenção e, mais que tudo, o público não permitiu uma reinvenção, como ficou claro com Yuri. Mas também é de se lamentar a cegueira que não permitiu que se enxergasse os participantes por si mesmo, independente de divisões e rivalidades. Selva contra qualquer pedra daria em eliminação da Selva – como provaram os vários paredões vencidos por João Carvalho, que depois saiu chutado com facilidade ao enfrentar Fael. A edição deve ressaltar mais uma vez hoje à noite a lealdade e simplicidade dos praianos, a animação e a amizade dos selvagens.

O que resta agora é só sentar e assistir ao inevitável, antes de dar tchau a uma edição que começou marcada pela polêmica. A ida da polícia ao Projac para investigar uma suspeita de abuso sexual por parte de um participante fez todo o episódio do franco-angolano Sérgio com a PF nos idos da primeira edição parecer fichinha e lançou todo o começo do BBB em uma bruma de baixo-astral sem fim.

Apesar das críticas (sempre) de elenco mal escolhido e que questionam a própria qualidade do programa em si, o BBB 12 teve melhor audiência em geral que o 11. O 13 vem aí (e o 14, o 15…), garante o diretor Boninho. Ano que vem tem mais.

DUAS SURPRESAS

* Jonas – É duro admitir, mas para quem via o rostinho do Jonas na lista de selecionados para o BBB 12 só podia pensar que ele estava ali para preencher a cota de modelos lindos e fazer casal dentro da casa. Prometia ser um novo Rodrigão (ou seja, não fazer nada no BBB e esperar a vitória cair no colo por ser, bem, lindo). Ok, ele fez casal e foi lindo, mas fez muito mais. O gaúcho mostrou inteligência e empatia dentro do BBB e foi o responsável por unir a Praia em um momento que o grupo nem grupo era. Correu atrás de voto, foi estratégico, mas nunca esqueceu do jogo social – apesar de muitas brigas na casa e da falta de tato vez ou outra com as meninas que ficou. Teve o azar de cair no último paredão contra Fael ou estaria hoje na final.

* Monique – A catarinense Monique teve um terrível início de Big Brother e já estava tudo escrito na primeira festa, quando bebeu, chorou, se lamentou e acabou ficando meio sem vontade com Daniel. Os dois depois foram juntos para o quarto e o resto já é história. Depois de todo o escândalo, Monique saiu da casa para depôr algumas vezes, vivia tensa, escondia obrigatoriamente tudo dos colegas (todos só foram saber de toda a polêmica do lado de fora). Mas aos poucos Monique foi se soltando e se tornando a alma das festas (recitando pagodes românticos, claro). Mas ela não era só uma party girl – era divertida, espontânea, bom ombro amigo e a pessoa com melhor circulação dentro da casa. Era Selva, mas teve que ouvir algumas “acusações” de ser praiana. Com seus problemas com a balança e crises de auto-estima, Monique incorporou paranóias de toda mulher. Alguns acham que ela passou do ponto e sua briga definitiva com Jonas selou sua eliminação, mas sem dúvidas este programa não teria sido o mesmo sem a catarinense.

DUAS DECEPÇÕES

* Jakeline – A baiana Jakeline entrou com potencial e tinha um perfil que facilmente poderia cair no agrado popular, além de ter sido a primeira pessoa “perseguida” na casa – e a gente sabe o que acontece quando começam a botar muito uma pessoa no paredão, né? Mas acontece que Jake exagerou na dose e o público acabou enxergando o que fazia os participantes votarem na feirense: uma personalidade exagerada, quase histriônica. Chata, enfim. Pedro Bial não perdoou no discurso (“vira personagem de si mesmo” etc). Se tivesse passado naquele paredão contra Renata, seguido adiante, talvez colasse, voasse longe no jogo: não foi o caso. Saiu por pouco, mas saiu – e na segunda semana.

* Kelly – Com a mineira Kelly foi diferente. Ela foi longe, mas nem parece. Já é de praxe ter um participante do BBB que entre e saia sem dizer muito a que veio. No caso da Kelly, parece que sua única função no jogo foi servir de apoio à amiga Fabiana. Descrita como guerreira e batalhadora, a morena era perigosa nas provas de resistência mas só aí. A despeito de várias intimadas do apresentador Pedro Bial, não conseguiu se impôr, se expressar, deixar de lado o jeito cheio de dedos. Talvez seja de fato de sua personalidade a falta de incisividade, mas em um jogo como o BBB isso pode ser fatal, por mais boazinha que a pessoa seja.


Publicado em opinião | 2 comentários

Jonas detona Fabiana e diz que não se conformou com liderança da sister

Último eliminado do Big Brother Brasil 12, o gaúcho Jonas confessou em entrevista para o programa “A Eliminação”, do Multishow, que a primeira mulher que o interessou na casa foi a conterrânea Laisa. Em conversa com Dani Monteiro, ele também elogiou bastante o amigo Fael e detonou Fabiana, a outra finalista do reality show.

“No início a Laisa foi a mulher que eu olhei diferente, mas depois ela logo se envolveu com Yuri, e mulher de amigo meu é homem, apesar dele não ser tão amigo assim”, disse. Ele falou do envolvimento com Monique e Renata e dos comentários da sisters sobre sua sexualidade. O que faltou para rolar algo mais debaixo do edredom?

“O que faltou? Faltou menos fumaça. Cigarro é uma coisa que me desencanta. Sei lá, não rolou química. O que rolou foi gostoso. Se não teve algo a mais, se elas acham que eu sou fraco, foi porque não rolou química mesmo. Eu só faço o que eu tenho vontade”, garantiu o modelo.

Na casa, Jonas também chamou atenção por sua postura direta e isso algumas vezes resultou em discussões e brigas. Além de Laisa, Yuri e Monique, do quarto Selva, ele teve atritos com a colega “praiana” Fabiana, hoje finalista. Do lado de fora, Jonas disse que Mama quer sempre aparecer mais do que os outros e disse ter ficado inconformado com a liderança da sister.

“Fabiana ficou mascarada por um bom tempo, mas agora a máscara caiu. Ela quer chamar atenção o tempo todo, seja na hora do jantar ou numa festa. Se o urso ia dançar com a Kelly na festa, ela ia pra perto, pra aparecer também. Mas tudo bem, ela está na final, tem seus méritos por isso, mas não é justo”.

O gaúcho também criticou a briga de Fabiana com Kelly, antes da eliminação da mineira, e diz que Fabiana pediu perdão ao vencer a prova para “tentar comover o público”.  “Quando ela venceu a prova do líder eu fiquei inconformado. Aquilo que ela falou de pedir perdão foi um apelo pra tentar comover o publico. Perdão por quê? Pelos erros dela? Ela tinha que pedir diretamente pra pessoa que ela magoou. Ela quer sempre aparecer, estar um degrau acima dos outros”.
Agora, Jonas torce para o favorito Fael e não esconde sua admiração pelo veterinário. “Eu me aproximei muito do Fael e sabia que o paredão com ele seria a minha final. Ele foi meu maior amigo lá. Cada um do seu jeito, a gente se identificou. Eu fico orgulhoso de ter saído por causa dele”.

Publicado em notícia | 60 comentários

Fabiana discute com Fael e o reclama de ironia do caubói

A final do BBB 12 está se aproximando e os ânimos estão à flor da pele. Mesmo garantida até o fim do programa desde a segunda-feira, a paulista Fabiana continua com o humor oscilando. Hoje à tarde, ela e Fael tiveram um desentendimento.

Enquanto Fabiana limpava o banheiro e conversava, Fael respondia a tudo com “entendi”. “Eu imagino que você tenha entendido”, respondeu a paulista,  de maneira mais ríspida. Ela acusou o veterinário de conversar com ela de maneira irônica.

“Tá doida, Fabiana? A gente passou a manhã toda conversando”, disse Fael, sem entender. Mais tarde, do lado externo, os dois se entenderam.

Publicado em notícia | Com a tag , | 6 comentários

Jonas é eliminado e fica em terceiro lugar; Fael e Fabiana são os finalistas

O gaúcho Jonas foi eliminado do Big Brother Brasil 12 no último paredão do programa, ficando em terceiro lugar nesta edição e garantindo R$ 50 mil de prêmio. Ele enfrentou o veterinário Fael, que chega à final contra Fabiana mais forte do que nunca. O programa termina nesta quinta-feira (29).

Jonas recebeu 54 % dos votos – foram cerca de 20 milhões, segundo o apresentador Pedro Bial, que chamou os dois de “garotos de ouro”. “Hoje é a final de vocês. Qual dos dois vai ter a honra da última valsa com a Fabiana?”, questionou o apresentador, enaltecendo a amizade que levou os dois adiante no programa. “O Big Brother Brasil não é mais seu, mas o mundo será”, disse, antes de chamar Jonas para o lado de fora.

“Não faltou nada, Bial. To totalmente satisfeito com tudo que eu fiz, com o que eu sou, com minha postura. Eu sei que se estou aqui agora é porque o Fael é um grande homem e com certeza vai ser o campeão”, disse Jonas, do lado de fora, questionado sobre o que teria faltado para ir ainda mais longe no jogo.

A edição
O programa de hoje mostrou um perfil rápido de Jonas e Fael e a os acontecimentos da  semana que culminaram com a formação do paredão entre os dois. Também rolou mais um VT sobre o embate entre o quarto Selva e o quarto Pria, batizado de “A Origem”, mostrando como os brothers se separaram no início do programa.

A polêmica prova do líder que garantiu Fabi no final também foi mostrada parcialmente, com destaque para a repercussão na casa – inclusive Jonas reclamando da postura da paulista, que teria demorado demais para responder à última pergunta. Fabiana, aliás, protagonizou uma matéria mostrando sua passagem pela casa. “Nunca houve jogadora como Fabiana”, anunciou Bial.

Trajetória
Modelo, Jonas surpreendeu dentro e fora da casa. O amigo Fael disse várias vezes que nunca imaginava que um modelo fosse tão “gente como a gente”. A amizade improvável entre os dois também foi destacada em edições do programa. O gaúcho mostrou que era mais do que um rostinho bonito – foi o primeiro a articular uma reação da Praia diante da combinação de votos do Selva.

Jonas foi quem conseguiu unir o grupo para votar em Ronaldo, em um paredão que serviu como reviravolta na casa – na ocasião, ele chegou até a convencer Laisa a votar no paulista. Na época, o fato de ter recebido cinco votos deixou Ronaldo revoltado – e serviu como um aviso à Selva de que eles tinha, sim, adversários dentro da casa.

O gaúcho também ficou marcado pelos envolvimentos românticos dentro da casa. Primeiro ficou com Renata, mas a mineira parecia mais interessada nele do que ele nela. Também trocou beijos com Monique e depois voltou a ficar com Renata, o que deixou a catarinense irritada. Jonas e Monique voltaram a se envolver em um relacionamento cheio de altos e baixos – o modelo não parecia interessado em fazer um casal e geralmente só ficava com Mona nas festas.

Do quarto Praia, Jonas era dos participantes que tinha mais iniciativa e uma postura mais combativa e, por isso mesmo, se envolveu em alguns confrontos na casa. Brigou duas vezes com Yuri, discutiu com Rafa e teve uma briga decisiva com Laisa, além de algumas discussões com Monique e com Fabiana.

Gostou da eliminação? E entre Fael e Fabiana, quem merece o R$ 1,5 milhão? Comente!

Publicado em notícia | Com a tag | 101 comentários

“Ela sempre vai até o final e consegue”, diz marido de Fabiana

O marido da paulista Fabiana falou sobre o fato da esposa já ser finalista do BBB 12 – ela venceu a prova do líder ontem à noite, deixando Fael e Jonas no paredão disputando a última vaga na finalíssima. “Ela sempre vai até o final e consegue”, disse Roby, elogiando a garra de Fabiana. A garota propaganda venceu as últimas três provas do líder.

“A Fabi é muito determinada, sempre foi assim. Tudo que ela traça como objetivo na vida, ela alcança. O Big Brother sempre foi um desses objetivos e ela chegou lá. Então, lá dentro, não podia ser diferente, ela focou e conseguiu chegar lá (na final). Fabi passou por muitas barreiras na vida e superou tudo, porque ela realmente tem foco nos objetivos”, elogiou o maridão.

Alheio às correntes de internet contra a paulista, Roby diz que Fabiana conta com uma grande torcida, que incluiria até músicos famosos. Ele próprio é cantor sertanejo. “Agora é só felicidade! Estamos fazendo nossa parte aqui, pois temos uma torcida grande de amigos, até amigos que são músicos famosos e que estão se mobilizando pela vitória da Fabiana. Ela vai com vontade de vencer até o fim e nós estamos com ela”.

Publicado em notícia | Com a tag | 69 comentários

Fabiana vence prova e está na final; Jonas e Fael enfrentam último paredão

A paulista Fabiana manteve sua sequência de sorte e ganhou mais uma liderança na noite desta segunda-feira (26) – e dessa vez uma liderança mais que especial, a última do Big Brother Brasil 12, que garantiu à garota propaganda uma vaga na finalíssima. Com o resultado, foi formado um paredão com cara de final antecipada: Jonas e Fael se enfrentam e um deles será eliminado amanhã, ficando com o terceiro lugar do BBB 12. O programa termina na quinta-feira.

A prova trazia 15 perguntas com alternativas para as respostas. Em caso de empate, mais cinco perguntas seriam feitas, no esquema mata-mata. Se ainda assim permanecesse empate, seria recorrido à sorte. Cada resposta certa dava um ponto e no caso de resposta errado um ponto era retirado do participante.

Fael começou acertando a primeira questão, mas se afobou apertando o botão antes da hora na segunda e deu a chance para Fabiana acertar. A paulista, no entanto, errou a terceira pergunta e voltou à estaca zero. A quarta questão foi anulada depois que Fabiana se antecipou e apertou o botão antes da hora e a quinta ninguém soube responder.  A sexta  questão foi acertada por Fabiana.

Jonas empatou com os colegas em seguida, ao acertar o ano de nascimento da ex-BBB Renata – 1990. A questão seguinte também passou em branco, já que ninguém se arriscou a responder. O gaúcho logo passou à frente, ao acertar que Monique foi a primeira pessoa a desistir da primeira prova de resistência na casa. Fael empatou ao responder corretamente que Luan Santana fez o primeiro show no BBB 12.

Jonas passou à frente novamente acertando quantos pontos JC levou ao se ferir em uma prova. Fabiana encostou ao acertar que Laisa foi eliminada na semana 6 e empatou com Jonas com a pergunta sobre em que festa duas DJs tocaram simultaneamente. Na pergunta decisiva, quantas pessoas estavam na casa quando os brothers ganharam um churrasco, ela respondeu dez e ganhou a liderança.

Agora é hora de votar – Fael e Jonas, quem merece ficar? Comente!

Publicado em notícia | Com a tag , , | 226 comentários

Noemí esconde foto com Fael de Aless e ganha anel do italiano

A espanhola Noemí ganhou uma lembrança de sua semana dentro da casa do Big Brother Brasil 12 – um álbum de fotos para se recordar do intercâmbio. Mas, de volta à Espanha, Noemí não só não contou a seu affair Alessandro que teve um caso com Fael no Brasil como também escondeu as fotos em que aparece com o veterinário.

Marta e Daniel foram os primeiros a ver o álbum de Noemí e logo de cara viram uma foto em que a colega aparece beijando Fael. Para evitar problemas com Aless, Noemí escondeu a imagem em um armário.

De volta ao Gran Hermano, Noemí também ganhou de Aless um anel de compromisso.  Os dois já voltaram a protagonizar cenas debaixo do edredom e a trocar carícias, reatando o romance.

Publicado em notícia | Com a tag | 3 comentários