pabllo capa
Saiba o que rolou no show da Pabllo Vittar em Salvador
19 de março de 2017
fortal
Grupo San Sebastian anuncia evento durante o Fortal com grande artista da música da Bahia
21 de março de 2017

Com vestido feito de 11 mil pedras, nutricionista vence concurso Miss Salvador Gay 2017

17352260_1675225739160993_6712459283334752123_n

O nutricionista e estudante de Gastronomia Michael Cardoso, de 26 anos, venceu o concurso Miss Salvador Gay – edição 2017 que aconteceu na noite deste domingo (19) no Centro Cultural de Plataforma. Mas não foram os caixinhos de Michael que encantaram os jurados. Foi vivendo sua personagem DesiRée Beck que ele encantou o júri e a platéia e venceu a décima edição do concurso de beleza gay. Uma das pessoas mais queridas da cena LGBT de Salvador, DesiRée tem uma energia boa e transmite muita felicidade – e agora beleza com faixa – por onde passa.

Apesar de serem ‘personas’ diferentes, Desi e Michael estão juntos sonhando. “Michael é uma pessoa sonhadora, que mesmo tendo a sua vida própria tem grande parte dos seus sonhos realizados com DesiRée! Eu honestamente estou muito cansada e a ficha ainda não caiu totalmente, por que para eu estar ali em cima do palco eu tive que me dedicar e ralar muito”, contou DesiRée em entrevista ao Me Salte horas depois de receber o título das mãos da sua amiga Petra Perón, a miss 2016.

DesiRée recebeu o título da Miss 2016, Petra Perón

DesiRée recebeu o título da Miss 2016, Petra Perón

Esse foi o primeiro concurso de beleza que DesiRée venceu. Há dois anos ela faz sucesso na noite de Salvador com shows de dublagem e transformismo que pegam uma veia cômica com glamour, beleza e elegância. “Há um tempo atrás eu fazia Drag por brincadeira, bem na vibe fã de RuPaul’s Drag Race, inclusive eu usava um outro nome, mas foi no concurso Miss Universe 2015 que DesiRée Beck surgiu com a ajuda Dela que me pariu Kaysha Kutnner e Nicole Foster, que me ajudaram e talvez nesse processo todo eu tenha tido confiança e desenvolvido a minha personagem Drag, que se jogou no Talento Marujo e a partir daí foi acontecendo”, explica.

Para consquistar o título de Miss Salvador Gay o caminho foi longo e dolorido. “Eu poderia ter chamado alguém para me produzir, mas ariana como sou, preferi participar de todo o processo criativo, começando pelas longas tardes no Teatro Castro Alves, acompanhando o incrível trabalho de Rainha LouLou que pela sua grife, a Loulou Coulture, deu O NOME em construir um modelo tão complicado. Logo depois, o vestido passou pelas mãos de Ruan e a Miss 2016 Petra Perón, que pelo Ateliê Fourdon, bordaram o vestido com mais de 11mil pedras. Meu cabelo foi um grande presente do talentosíssimo Edy Negro Diamante e a maquiagem e todo o tratamento físico e psicológico de Valerie O’Rarah”, ressalta Dési que ainda teve as unhas – em tom nude – assinadas pela drag queen Amanda Moreno.

A minha missão como Miss é divulgar e honrar onde eu for essa faixa, 2017 será um ano de muito trabalho

 

Beleza
Apesar de ser considerada a mais bela dentre as candidatas no concurso que é organizado por Scher Marie Mercury, Desí não se ilude. “A beleza naturalmente se esvai, porém o caráter e a personalidade de um ser íntegro permanecem. A minha beleza já foi julgada, mas agora eu tenho que usar a visibilidade da minha conquista como algo concreto a toda representatividade que uma Miss salvador tem que ter para a comunidade, então o que eu irei fazer além da beleza, é tentar contribuir com o que puder para a comunidade”.

Até julho do ano passado DesiRée só havia ganhado um único concurso dos que participou. Mas, o jogo virou de lá para cá. “Além de miss Salvador eu ganhei o troféu de artista do ano e estou em cartaz com uma peça, o cordel de Maria Cindragrela que está indicada ao Braskem na categoria de melhor espetáculo infanto-juvenil! Mas eu realmente não paro pra ficar pensando nos títulos, porque eu não posso parar. Eu trabalho muito para dar continuidade a esse processo que fez uma diferença na minha vida pessoal. Hoje eu posso dizer que sou feliz!”, destaca.

DesiRée fazia parte do coletivo de drags Haus Of Gloom, mas segue com a parceria e amizade com as integrantes. “Sobre a HOG não mudou tanta coisa, porque tudo o que eu tenho feito foi construído a partir de lá, eu tenho que eternamente agradecer a todas as meninas que me ajudaram tanto e ainda continuam a me ajudar. Eu não mais da HOG, mas a cima de tudo tenho amizade e convívio com elas”, ressalta.

Eu faço 2 anos de show em abril, ainda sou uma peça da nova geração, então os sonhos ainda estão aqui gritando em minha cabeça, eu quero trabalhar muito e quero ajudar a mostrar ao Brasil, quisá mundo, que nos em Salvador temos as drags mais incríveis. Não vejo lugar nenhum, as artistas ficarem 4 horas em cima de um palco, com estrutura zero, sem grandes retornos financeiros e ainda assim segurar uma plateia quase sempre de casa cheia (oremos) com toda a vontade do mundo!

Com a vitória, DesiRée conquistou uma vaga no Miss Bahia, que acontece em julho e é organizado por Bagageryer Spilberg. Para quem quem quer ver DesiRée em cena não precisa esperar julho chegar.

Cata só os shows fixos dela (valem muito a pena!) 
Sexta-feira: Buslesque Bar (rua da Mouraria, nº 51), 23h
Sábado: Projeto A Nau na Creperia La Bouche (Barra no antigo Beco Off), 18h
Domingo: Bar Âncora Marujo (Rua Carlos Gomes, nº809) , 0h

Só neste final de semana:
Espetáculo Maria Cindragrela (Teatro Moliére) – sábado 16h, domingo 11h

Confira cenas do concurso registradas pelo fotógrafo Genilson Coutinho/Site Dois Terços>>>

 

Jorge Gauthier
Jorge Gauthier
Jornalista, adora Beyoncé e não abre mão de uma boa fechação! mesalte@redebahahia.com.br

1 Comentário

  1. felipe disse:

    oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *