Agenda Bahia

Especialistas apontam ideias possíveis para o Centro Histórico no Hackathon+Salvador

Especialistas em Turismo, História e Economia Criativa apresentaram dados e fizeram sugestões para motivar trabalho dos competidores da maratona de inovação do CORREIO e Rede+

Alexandre Lyrio (alexandre.lyrio@redebahia.com.br)
Atualizado em 16/07/2017 11:45:10

Longe de terem partido do zero para elaborar seus projetos, os 50 participantes envolvidos do Hackathon+Salvador: Soluções de Impacto Social Para o Centro Histórico, receberam informações preciosas de cinco especialistas que realizaram mini palestras, na abertura do evento, na manhã deste sábado (15).

Nas áreas de cultura e patrimônio, turismo, mobilidade, empreendedorismo e governança, os cinco palestrantes foram as fontes inspiradoras das dez equipes da competição (cada uma com cinco hackers criativos).

Alguns deles deram propostas inovadoras para a solução de problemas e aumento da visitação do Centro Histórico. Hirlene Pereira, do Sebrae, sugeriu a construção do Mapa das Sensações, que seria um mapa digital e impresso capaz de apontar as diversas sensações táteis, olfativas, visuais e gustativas possíveis no local. “A prefeitura de São Paulo fez uma experiência e deu muito certo. Imagine aqui, com a variedade de sensações possíveis”, comparou.

Hirlene Pereira, do Sebrae, sugeriu a construção do Mapa das Sensações (Foto: Roberto Abreu/CORREIO)

Clélia Aquino, com quase 30 anos de experiência na área de turismo receptivo e internacional, sugeriu, por exemplo, a criação de um aplicativo para celular que congregue todas as atrações do Centro Histórico e do seu patrimônio material e imaterial. Além disso, ela gostaria de ver uma plataforma digital em que se encontre horários de funcionamento das igrejas, museus e eventos.

“Temos uma farta quantidade de igrejas que tem excelentes atrações. Precisamos saber os horários que elas estão abertas ao público e quando realizam eventos específicos”, disse Clélia.

Entre as muitas sugestões como a criação de miniaturas táteis para deficientes visuais e rampas móveis de acesso, a historiadora Lúcia Góes indicou a criação de pontos gastronômicos para comidas que só podem ser encontradas ou tenham sua origem na tradição de Salvador.

“Somos carentes de lugares que sirvam quindins, cocadas, casquinhas de mariscos, aipim cozido, pititinga, beijus recheados, para que o visitante sinta o paladar local”, exemplificou.

As melhores sugestões dos especialistas

Lúcia Góes (historiadora e professora de História):
- Rampas móveis para acesso a monumentos e prédios históricos
- Estruturas táteis em miniatura para deficientes visuais
- Espaços infanto-juvenis em casarões históricos ociosos
- Banheiros e fraldários
- Placas informativas em diversos idiomas e em braile
- Pontos gastronômicos para comidas identitárias de Salvador

Clélia Aquino (gestora da Caravel Bahia e especialista em Turismo)
- Aplicativo com todas as atrações do Centro Histórico e informações sobre seu patrimônio material e imaterial
- Plataforma digital com informações sobre horários de funcionamento das 20 igrejas do local e seus eventos
- Postos de informações turísticas com placas de sinalização
- Placas de informação nos monumentos históricos com QR Code
- Material educativo em vídeo para treinar monitores de turismo

Hirlene Pereira (gestora de projetos de economia criativa do Sebrae)
- Mapa das sensações: um mapa digital e impresso de experiências sinestésicas (que usam os cinco sentidos) do Centro Histórico
- Produtos do comércio local que sejam associados a experiências e sensações
- Criação de atividades para a experiência do soteropolitano com o Pelourinho
- Inserção de aplicativos, redes sociais, realidade virtual e aumentada na divulgação do Centro Histórico

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta00h58
  • Baixa07h11
  • Alta13h28
  • Baixa19h41

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.