Agenda Bahia

Selecionados para o Hackathon+Salvador fazem visita ao Centro Histórico movidos pelo desejo de mudar realidade local

Criativos e empreendedores se preparam para a maratona de inovação promovida pelo CORREIO e Rede+, que acontece nos dias 15 e 16 deste mês

Andreia Santana (andreia.santana@redebahia.com.br)
Atualizado em 09/07/2017 22:01:00

Tênis confortáveis, mochilas, celulares conectados e o desejo de mudar o mundo, de preferência começando por um pequeno trecho da própria cidade onde vivem. Os selecionados para o Hackathon+Salvador, maratona de inovação que vai acontecer nos dias 15 e 16 deste mês, fizeram na manhã deste sábado (08), uma visita técnica para se ambientar com a realidade sociocultural do Centro Histórico. A ideia é que no evento da próxima semana, eles usem esse conhecimento para pensar soluções que ajudem a resolver os principais problemas da região.

Faculdade de Medicina do Terreiro de Jesus (Fotos: Mauro Akin Nassor/CORREIO)

A concentração para a visita guiada começou por volta das 8h30, na Faculdade de Medicina do Terreiro de Jesus, mesmo endereço onde ocorrerá o Hackathon+Salvador. De lá, acompanhados pelos guias turísticos Ed Moreira e Rubens Filho, da Tours Bahia, a turma seguiu para a Praça Castro Alves, onde o roteiro histórico-cultural teve início. Apesar do céu nublado e das capas plásticas distribuídas antes da caminhada, a chuva não atrapalhou a imersão dos participantes na história colonial.

No total, 28, dos 50 selecionados para a maratona hacker, compareceram à visita técnica organizada pela aceleradora de startups Rede+, parceira do jornal CORREIO na realização do Hackathon+Salvador. Mas, quem faltou à visita não será prejudicado na competição, pois segundo Marcelo Leal, da área de inovação da Rede+, todos os 50 terão um dever de casa para fazer ao longo dessa semana. É que os participantes vão receber um material de estudos completo, com diagnóstico sobre o Centro Histórico de Salvador e propostas inovadoras em outros centros mundiais, para se inspirar e preparar para o evento dos dias 15 e 16.

Roteiro histórico

Largo do Pelourinho

Além dos selecionados para o hackathon, mentores, palestrantes e jurados do evento também fizeram o roteiro turístico. Da Castro Alves, a turma seguiu em direção às praças Municipal e da Sé, Terreiro de Jesus, Cruzeiro de São Francisco, Igreja da Ordem Terceira e Largo do Pelourinho, retornando depois à Faculdade de Medicina.  

Além das explicações históricas sobre sítios e monumentos, foram enumerados os pontos fortes e aqueles de melhoria para a região. Atentos às orientações dos guias, os participantes tomavam notas, faziam perguntas e aproveitavam para estreitar laços, já que nas 33 horas de maratona do próximo final de semana, terão de trabalhar em equipe.

Para ajudar esse pessoal todo a se organizar, a doutora em administração Ana Pires, 51, será facilitadora da dinâmica de validação de ideias e escolha de equipes. Traduzindo, Ana, que tem ampla experiência com gestão colaborativa e inovação, vai conduzir a dinâmica em que os participantes irão formar os times que competirão no Hackathon+Salvador; além de também cuidar para que eles testem se o problema e a solução pensada para cada desafio fazem sentido.

Marcelo Leal enfatiza que o objetivo da visita técnica deste sábado foi plenamente cumprido. “Queríamos que os participantes vivenciassem o Centro Histórico e eles interagiram bem com a comunidade local. A ênfase dos guias na história e nas dificuldades, nos pontos fortes e naquilo que funciona bem, além das dicas que deram do que pode ser implementado, tudo isso vai ajudar as equipes durante a maratona criativa”, enumerou o representante da Rede+.

Olhar Jovem

 

Convento da Ordem Terceira de São Francisco

O diretor de Planejamento e Transportes da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Eduardo Leite, foi um dos que também participaram da caminhada. A Semob, recentemente, atuou na requalificação dos ascensores que ligam a Cidade Baixa à região do Centro Histórico, promovendo a recuperação das quatro cabines do Elevador Lacerda e as requalificações dos planos inclinados Gonçalves e do Pilar. Eduardo enfatizou a importância do “olhar jovem” da maioria dos participantes da maratona hacker: "Para a Semob esse tipo de evento agrega ideias, conceitos e propostas. Os participantes trazem uma visão criativa e um dos nossos objetivos é fazer os jovens se interessarem pelo Centro Histórico".

A julgar pelos perfis dos selecionados, o objetivo da Semob já está cumprido. Ao menos, no que depender da assistente social Tamila dos Santos, 26, revitalizar o Centro Histórico é preservar a própria memória da cidade. "Me inscrevi pelo interesse em pensar soluções inovadoras, porque aqui é o coração cultural da cidade e deixá-lo abandonado significa que Salvador perde a essência", opinou.

Esse "olhar jovem" a que o representante da Semob se refere não tem relação apenas com idade, já que entre os inscritos tem gente de 18 a 50 anos. Uma das veteranas com visão criativa e inovadora é a analista de sistemas Nara Martins dos Santos, 54, que fez do seu gosto por viagens e por tecnologia uma motivação para encarar a maratona hacker. "Salvador tem um enorme potencial turístico, então essa é uma oportunidade de ajudar a cidade a desenvolver esse potencial", acredita.

Agenda Bahia

Museu da Santa Casa de Misericórdia

O Hackathon+Salvador é uma realização do jornal CORREIO e da Rede+, com os apoios da Prefeitura Municipal de Salvador, Rede Bahia, Faculdade de Medicina da UFBA, IHAC Lab-l, Sebrae, Loygus, Life Finanças, SuperGeeks, Tours Bahia, Pizza Hut, do arquiteto Ed Vasco e do personal trainer Renato Figueiredo.

A maratona criativa é o primeiro evento do Fórum Agenda Bahia 2017, que este ano tem como tema central Tempos de Mudança. A programação do fórum ainda contará com dois seminários sobre Cidades e Conexões e em breve as inscrições para esses seminários estarão abertas.

Também promovido pelo jornal CORREIO, o Fórum Agenda Bahia está na oitava edição e reúne especialistas para debater o desenvolvimento econômico e social do Estado. Em agosto, o seminário Cidades vai abordar infraestrutura, sustentabilidade, moradia, turismo e agronegócio. Já o encontro de setembro, Conexões, focará em produtividade, liderança e nas inovações tecnológicas que transformam vidas.  

Programação do Hackathon+Salvador

Sábado, dia 15/07

Manhã

09:00 - Apresentação do Fórum Agenda Bahia 2017 e do Hackathon+Salvador

09:30 – Orientações Gerais sobre o Hackathon+Salvador

09:45 – Apresentação dos desafios para os competidores

10:45 – Brainstorming, com as primeiras discussões de ideias e soluções 

12:15 - Intervalo para o almoço

Tarde

13:00 - Definição das soluções e formação das equipes de empreendedores

14:30 - Início da maratona criativa 

16:00 - Mentoria sobre modelo de negócios e proposta de valor

19:00 - Mentoria sobre desenvolvimento e design

Domingo, dia 16/07

Manhã

9:00 - Mentoria sobre desenvolvimento e design

12:00 às 13:00 - Intervalo para o almoço

13:30 - Mentoria sobre negócios e pitch

Tarde

15:30 – Cerimônia de encerramento

15:45 – Apresentação das propostas das equipes, em formato pitch, com 3 minutos para cada grupo, seguida de sessão de perguntas e respostas de mais 3 minutos;

17:00 – Apresentação dos próximos passos

17:15 – Divulgação dos resultados, com premiação dos vencedores

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta02h49
  • Baixa09h02
  • Alta15h21
  • Baixa21h21

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.