Artigo

Sérgio Belleza: Um país doente chamado Brasil

Atualizado em 18/05/2017 06:17:08

O Brasil não está apenas doente, baixou UTI. Precisa urgentemente de remédios, cuidados médicos rigorosos, mas o Congresso Nacional e o Senado não estão dispostos a viabilizar soluções “vitais” para a nação, que ajudem na recuperação do paciente.

Qualquer cidadão de bom senso deve se perguntar por que pessoas que são eleitas e recebem salários pagos pelo povo, não pensam, nem estão aí para o tão sofrido e explorado povo! Por que só pensam no seu próprio bem-estar?! A “maioria” dos nossos representantes tem apenas um único objetivo - lucrar com este ou aquele projeto! Mas e o povo? Ah, o povo que se dane... É triste, vergonhoso mesmo, sermos representados por pessoas insensíveis, insensatas, egoístas, desumanas!

Já disse que não gosto do atual presidente da República por várias razões, principalmente pela sigla do seu partido, PMDB, e por ter feito parte até o fim do pior, mais incompetente e corrupto governo de todos os tempos, o PT! Todavia, já é visível tudo que ele e a sua equipe fizeram em um ano de governo.

O país superou a severa recessão dos últimos dois anos, começou a crescer, a inflação está controlada, implantou rigoroso e impopular ajuste fiscal, avançou nas privatizações e concessões, reestruturou o ensino médio, tem estabelecido boas relações com países desenvolvidos, medidas foram tomadas para atrair investimentos no setor produtivo. Os estrangeiros começaram a investir, a economia e o emprego retomaram o crescimento com as vitais reformas econômicas. Assim o clima de fé e esperança recomeça a brilhar – a nação está saindo da UTI. Entretanto, não comungam com esse clima de euforia aqueles que saquearam e destruíram o país em todos os sentidos, mas, que achando pouco, querem continuar a explorar o povo e o Brasil.

Precisamos voltar a crescer, por isso é fundamental aumentar a competitividade. Não existe outra forma a não ser a aprovação no Congresso das reformas econômicas, porque a competitividade “só” virá com a elevação da produtividade. O Brasil precisa modernizar-se para ser competitivo. Caso contrário a dúvida, o medo dos pequenos e médios empresários, verdadeiros empresários e empreendedores que produzem e fazem o Brasil crescer, permanecerá!

Repito o que venho afirmando há anos, pouco mudará no Brasil se a “reforma das reformas” não for feita urgentemente: a reforma política. O sistema presidencialista inventado nos Estados Unidos, só funciona lá. Desde Jânio Quadros, eleito presidente em 1960, seu jingle já era o “varre, varre, vassourinha, varrer a corrupção”. Collor e Dilma sofreram impeachment, e daqui há 20, 25 anos, outro presidente será deposto por causa da corrupção, e o Brasil mergulhará novamente em crise cada vez maior e pior!

A razão pela qual muitos parlamentares aproveitadores, populistas, antipatriotas são contra as reformas - hoje são meias reformas -, é porque desejam o atraso do país, e o quanto pior melhor faz parte da cartilha, porque é a única forma de retornarem ao poder. Não acredito no regresso desses malfeitores, certamente acabou para eles! Acabou a mamata! Será?

*Sérgio Belleza é administrador, empresário, consultor e autor dos livros, Caminhando com Walkyria e Ascensão e Queda de um Império Econômico

publicidade
Tags:

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta01h49
  • Baixa07h54
  • Alta14h04
  • Baixa20h17

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.