Brasil

Prefeitura do Rio confirma corte de verba, mas garante Carnaval

Liga das Escolas de Samba divulgou comunicado afirmando que cortes inviabilizariam desfile do grupo especial na Sapucaí

Da Redação

A Riotur, órgão da prefeitura do Rio de Janeiro responsável pela realização dos desfiles das escolas de samba, divulgou um comunicado nesta sexta-feira (16) afirmando que “não existe motivo para polêmica” quanto ao corte, para 2018, de R$ 1 milhão na subvenção municipal destinada a cada uma das 13 escolas atualmente no Grupo Especial da folia. “O Carnaval do Rio está garantido e vai continuar sendo o maior espetáculo do planeta”, diz a nota, que veio após comunicado da Liga das Escolas de Samba (Liesa) de que os desfiles do grupo especial não ocorrerão no ano que vem.

A justificativa para a redução é a crise financeira, e a alegação do prefeito, Marcelo Crivella (PRB), de que o dinheiro seria investido em creches municipais – discurso que está sendo considerado demagógico por representantes das escolas. Eles ainda tentam negociar com Crivella.

Neste sábado está marcado um protesto contra a decisão, em frente à prefeitura, no centro do Rio. "Diante da crise, deve-se priorizar o que é essencial e nesse momento aplicar recursos na educação e na alimentação das crianças nas creches é primordial”, afirma o comunicado, que ressalta que a prefeitura “reconhece” a importância da “maior festa popular do mundo”.

A Riotur disse estudar o desenvolvimento de mecanismos para que sejam captados investimentos da iniciativa privada para substituir os recursos públicos no financiamento da festa.

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta00h58
  • Baixa07h11
  • Alta13h28
  • Baixa19h41

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.