César Romero

César Romero: Mutações e luz

Na Galeria Cañizares da Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia a exposição Mutações Visuais de Amanda Paraiso. Em cartaz até 6 de maio. São 50 fotografias revelando nuances de temas que vivenciamos e muito interessa ao nosso conturbado mundo contemporâneo. O humano é do seu interesse e ela foca numa metamorfose expressiva e plural. Como fotógrafa realizou inúmeros cursos na área e a partir de 2005 com o fotógrafo Marcelo Reis e Juarez Paraíso.

Há nela algo de lírico, contrastando com forte dramaticidade cênica. O que é, se foi na passagem o tempo, ficou no registro do papel, que testemunha seu olhar seguro e questionador. Amanda também é mutação e traz em sua vida uma rica experiência que se vale para criar momentos de tocante impacto. Há em suas fotos um intenso processo simbólico do desejo. O desejo nunca se cumpre, o desejo só quer desejar e nessa incompletude a artista se move em novas possibilidades de realizações. A arte é seu alimento e através dela renasce a cada dia com mais vigor e a certeza que seu ofício é seu caminho na vida.

Amanda Simon Paraiso tem formação acadêmica e profissional nas áreas de dança e arte circense o que refinou sua percepção de corpo e olhar, buscando uma síntese. Sua fotografia muito pessoal busca uma expressão estética e documental. Um momento em uma imagem. Uma imagem tem fala universal.

A fotografia não é a obra final de um único criador, no curso da história, diversos profissionais foram agrupando conceitos e processos que deram origem ao produto que conhecemos hoje.

Fotografia é desenho com luz e contraste, as imagens são realizadas por exposições luminosas, fixadas em uma superfície que hoje pode variar a depender da vontade do fotógrafo. As fotos profissionais não dependem tanto da tecnologia, que ajuda, mas não é efeito criador. Ideias e um olhar especial e treinado faz de qualquer assunto um achado especial. Amanda Simon Paraiso mergulha em seu mundo interior removendo lembranças, buscando saídas que a arte possibilita. Empenho, persistência e cuidado com seu fazer são traços que carrega e lhe traz bons resultados. Seguindo sua poderosa intuição, educação visual, sentimentos no instante da apreensão da cena, ela em delicada subjetividade realiza suas produções. Nesta mostra apresenta recortes de três projetos: Se Essa Árvore Falasse, O Lixo no Mundo o Mundo é um Lixo e Selfie Butoh.

Em Se Essa Árvore Falasse, fixam raízes e seus contorcionismos, troncos, folhas e multiplicidades de verdes, perspectivas, por vezes contraluzes. A natureza se mostra pungente, generosa aos nossos olhos com uma luz que transcende de uma lógica factual. Detalhes que parecem escondidos nas formas da natureza são revelados criando uma outra significação: a origem destas formas. Surpresa e magia.

O Lixo no Mundo o Mundo é um Lixo provoca indagações sobre a eterna e constante poluição do planeta. Um tema recorrente, mas oportuno. Falar até curar. Traz a parte mais abstratizada da exposição e revela pátinas que o tempo acumulou. Objetos de descarte são valorizados e revestidos de uma nova aparência, despidos de carga emocional para caber em visualidade artística.

Em Selfie Butoh há um denso mergulho na procura de sua identidade. Uma película de tinta preta busca uma máscara que esconde o rosto, mas não sufoca o olhar atento, as mãos expressivas. O corpo este inconsciente visível, é investigado em minúcias, um reconhecer-se, um encontro interno. Habitamos nosso corpo até a finitude, nossa única casa, experiência palpável, a sede de todos os prazeres e todas as torturas. O corpo é a rota da vida e Amanda Simon Paraiso traz o seu como um laboratório onde as emoções ditam o destino. Criar é organizar o caos. Assim, Amanda Simon Paraiso vai construindo sua história, desenhando a vida com luz e contraste. Revelação.

 

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta04h06
  • Baixa10h15
  • Alta16h36
  • Baixa22h38

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.