Colunistas

César Romero: Janelas e vida

Atualizado em 15/08/2016 14:18:57

No Palacete das Artes, individual de Waldo Robatto, Janelas Urbanas, até 5 de outubro. Robatto trabalha na desconstrução dos corpos, inspirado na movimentação das pessoas que povoam as cidades em constante movimento, pontilhando de luzes os espaços, os prédios com suas janelas que se abrem ao mundo e os carros em velocidade. São quarenta telas que elegem a figura humana para contar da vida que o tempo em sua eternidade move. A figura humana está na condição de participante, não de coadjuvante, e em seu entorno elementos com que convive no cotidiano, mesas, cadeiras e objetos de consumo.

Sendo arquiteto, profissionalmente, Robatto tem muito contato com janelas, uma abertura num elemento de vedação arquitetônica que possibilite ventilação e insolação dos ambientes internos.

Uma janela é um elemento de comunicação com o mundo, abre-se uma janela, abre-se uma possibilidade de acesso a pluralidade de formas, linhas e cores. As janelas filtram luzes e imagens e nos trazem elementos que se transmutam em assento para o artista. Uma janela é um mistério. O que estaria a se descobrir antes de abri-la, que emanação luminosa traria para nossas retinas? A janela simboliza a receptividade e a abertura para as influências vindas de fora.

A palavra assumiu diversos significados devido a essa acepção, em geral relacionando-a com a ideia de vazio. Por remeter ao exterior, pode ser considerada como ângulo de visão, pois permite a entrada de elementos como luz e ar, mas também possibilita a extensão do olhar como um indivíduo que participa da ação observada. É o símbolo da receptividade, da abertura para as influências vindas de fora, da entrada da luz. Representa também a sensibilidade às influências externas. A janela pode ainda ser considerada como sendo um símbolo da consciência, ou um portal para o inconsciente.

Formado em Arquitetura pela Ufba, seu primeiro contato com a pintura deu-se aos 10 anos de idade, quando passou a frequentar uma escola particular de Arte. Durante o curso de Arquitetura, começou a dedicar-se mais intensamente à pintura e, em 1986, abriu a Waldo Robatto Oficina de Arte, garantindo, com essa atividade, condições financeiras para viver somente de seus trabalhos artísticos. Atualmente, dedica-se integralmente à pintura e ao ensino, e contabiliza entre seus alunos, ao longo desses 30 anos, figuras que fazem parte do cenário artístico da Bahia.

Expor nestes tempos de recessão passou a ser luxo. Os artistas têm que fazer enormes sacrifícios sabendo que seus trabalhos não venderão. Não haverá troca financeira e o artista vive disso. Os patrocinadores desapareceram e os museus vivem a crise em seu mais profundo grau.

Mas o artista não desiste. Ele vive seu destino que é a arte, absoluto em sua escolha que no fundo é seu sentido de vida. A arte é viciante. O artista é mais servo do que senhor dela.

O tempo é eterno e em seu bojo se faz arte que, a depender do talento e engenho do artista, pode se tornar eterna. Exemplos disso são as obras de Michelangelo Buonarroti, Leonardo da Vinci, Augusto Renoir, Vincent van Gogh, Paul Cèzanne, Henri Matisse, Pablo Picasso e outros. 

A janela é um rasgo no olhar, a janela é a tela que se abre para a cidade com seu movimento, o vaivém, os carros em conflito com as pessoas, os prédios em sua verticalidade, os postes, fios elétricos, enfim, objetos urbanos que se prestam à composição. A cidade é nossa casa e essa tradução é realizada com cuidadoso fazer. Waldo Robatto é arquiteto de formação, e, embora hoje não trabalhe mais com arquitetura, essa experiência ficou guardada e o artista utiliza esses conhecimentos a seu favor. Bom desenhista, ele não permite que o desenho sufoque o trabalho de cor. Então, desenho e cor se irmanam, se acoplam sem resíduos.

A montagem bem realizada facilita a leitura do exposto e a boa iluminação complementa a mostra.

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta06h15
  • Baixa12h26
  • Alta18h49

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.