Salvador

Ana Cristina Santiago: Economize mais de R$ 600 na conta de luz

Atualizado em 07/02/2012 09:44:29

O Inmetro está revisando os níveis de eficiência energética de geladeiras, fogões, fornos e aparelhos de ar-condicionado. Agora, os eletrodomésticos terão que consumir entre 3% e 5% menos energia para receber a nota máxima de avaliação, que é a ‘A’. Segundo dados do Inmetro, ao trocar aparelhos de baixa eficiência, aqueles classificados como ‘E’, pelos de menor consumo, os que têm classe ‘A’, o consumidor garante uma economia de mais de R$ 600 por ano na conta de luz. Portanto, o consumidor deve ficar atento a essa avaliação na hora de comprar um novo aparelho. O Inmetro informou ainda que os produtos da atual classe ‘E’ não poderão mais ser vendidos a partir de 2013. Confira abaixo a economia obtida, por ano, quando se troca um aparelho ‘E’ por um com etiqueta ‘A’. A simulação leva em conta uma tarifa de luz de R$ 0,35 por kWh/mês.

* R$ 80, com o ventilador de mesa
* R$ 240,  com a troca das lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes compactas
* R$ 38,  com o refrigerador de uma porta (230 litros)
* R$ 100,   com um refrigerador combinado (300 litros)
* R$ 37, com o condicionador de ar tipo janela
7.500 BTUs
* R$ 124,  com o condicionador de ar split 9.000 BTUs
* R$ 80,  com o fogão forno a gás

INSS: benefícios para dona de casa
As donas de casa de baixa renda podem garantir alguns benefícios previdenciários, como aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxílio-doença, salário-maternidade, pensão por morte e auxílio-reclusão.
Para se inscrever, basta ligar para o telefone 135. É preciso que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e tenha renda familiar de até dois salários mínimos (R$ 1.244). Depois do programa, que foi lançado em outubro do ano passado, as donas de casa contribuem com uma alíquota de apenas 5% sobre o salário mínimo, ou seja, R$ 31,10 por mês. Mas, atenção: para participar, a dona de casa não pode ter renda própria e deve se dedicar exclusivamente ao trabalho doméstico no âmbito de sua residência. Depois que o Ministério da Previdência Social lançou o benefício, que contempla aqueles que se dedicam somente ao trabalho doméstico, o número de donas de casa inscritas cresceu 841,38%. Segundo dados da Secretaria de Políticas de Previdência Social, das 6 milhões de donas de casa de família de baixa renda no Brasil, 52.040 já se inscreveram no programa. Os estados que tiveram o maior número de donas de casa que se tornaram seguradas da Previdência Social foram São Paulo (10.232), Minas Gerais (8.672) e Rio de Janeiro (5.492).

Dicas e pechinchas
*O especialista André Moraes vai ministrar dois cursos para quem tem interesse em entrar no mercado financeiro. Opere Ao Vivo Com André Moraes e Operador de Mercado Básico acontecerão na próxima sexta-feira (11h às 18h) e sábado (9h às 18h), respectivamente, na sede da Proinvestros (Avenida Tancredo Neves, Edifício Cempre). Os cursos custam R$ 330 e R$ 450.
  *A liquidação Ponto Mix do Shopping Paralela foi estendida até amanhã. As lojas prometem descontos de até 70%.

Tags:
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Relacionadas

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Baixa04h53
  • Alta11h23
  • Baixa17h32
  • Alta23h36

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40310-630 - Salvador, Bahia, Brasil.