Salvador

Corpo de Saul Barbosa é cremado em Salvador

Saul Barbosa foi um dos maiores compositores baianos e deixa uma filha de 38 anos

Atualizado em 16/09/2010 11:17:58

Redação CORREIO


Foi cremado na manhã desta quinta-feira (16) o corpo do músico Saul Barbosa. A despedida aconteceu na sala D do cemitério Bosque da Paz, em Brotas. O músico ilheense tinha 57 anos e sofria de insuficiência renal. Ele estava internado há meses no hospital Espanhol, em coma induzido. Saul Barbosa foi um dos maiores compositores baianos e deixa uma filha de 38 anos.

Ele teve mais de 30 anos de carreira e, só em parceria com Gerônimo, fez mais de 200 composições. Entres os sucessos está a música “Acaba quando começa”, gravada por Elba Ramalho e “Toté de Maiangá”, sucesso na voz de Margareth Menezes, com que viajou pelo mundo em um show acústico.

Mais inspirado nos rigores técnicos dos grandes violonistas, Saul seguiu seu próprio caminho, passeando por valsas, tangos e pelo jazz, sem ignorar a musicalidade genuinamente baiana.


Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta00h47
  • Baixa06h53
  • Alta12h51
  • Baixa19h09

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.