Salvador

Feirão do Nome Limpo oferece parcelamento da dívida em até R$ 29 mensais

Nove grande credores estarão presentes na segunda edição do Feirão do Nome Limpo, que acontece no Centro de Convenções de hoje até 2 de dezembro

Atualizado em 22/11/2012 07:48:58

Luciana Rebouças e Jorge Gauthier
mais@correio24horas.com.br

O nome sujo na praça, incluído nos cadastros de proteção ao crédito como SPC e Serasa, faz os clientes ficarem fora do mercado consumidor por até cinco anos, já que não é possível comprar nada no crédito, nem pegar financiamentos, nesse período. Mas, a partir de hoje, o Feirão do Nome Limpo oferece uma oportunidade para o consumidor reabilitar o nome por apenas
R$ 29 mensais.

Esta parcela refere-se à renegociação de uma dívida de R$ 700, que é o valor médio dos débitos dos consumidores atualmente, segundo o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Antonie Tawil.

Com uma dívida nesse valor é possível parcelar o débito em 24 vezes, o que daria uma prestação de R$ 29. “A maioria das dívidas é negociada com prazos, o que permite aos interessados programar uma prestação que caiba no bolso”, acrescenta Tawil.

Nove grande credores estarão presentes na segunda edição do Feirão do Nome Limpo, que acontece no Centro de Convenções de hoje até 2 de dezembro.
As empresas são de  diversos segmentos, como eletrônicos, supermercados, faculdades, financeiras, além das concessionárias baianas de água e energia. São elas: Casas Bahia, Coelba, Embasa, Lojas Leader, GBarbosa, Faculdade Estácio de Sá, Ricardo Eletro, Insinuante e Losango.

O presidente da FCDL explica que a maioria das dívidas é proveniente dos cartões de crédito, representando 43% dos inadimplentes. Depois, estão os cheques sem fundo, com 27% de participação.

“Geralmente, esta dívida do cheque é com o varejo. Foi um eletrodoméstico que o consumidor comprou e não conseguiu pagar”, exemplifica Tawil. As outras dívidas estão mais pulverizadas, com ênfase na prestação de serviços, como o fornecimento de água e luz.

Negociações
De acordo com Tawil, além da possibilidade de parcelar a dívida, os inadimplentes poderão negociar os encargos, como multas e juros, com descontos de 10% a 100%. A Coelba, por exemplo, anunciou que oferecerá descontos de 100% nos juros e multa e taxas reduzidas para os juros de financiamento de débitos. No entanto, o desconto só vale para quem estiver com o CPF negativado com a Coelba.

Para o especialista em finanças pessoais Luciano Lisboa, professor da Unifacs, é vantagem o consumidor usar parte do 13º salário para negociar os débitos. “É um bom dinheiro que a pessoa pode usar para dar uma entrada, por exemplo. Com a chegada do final de ano, as pessoas querem fazer novos crediários e, com o nome limpo, conseguem taxas menores”.

É o caso do designer José Rocha, que deve R$ 900 para a  Losango e pretende ir no feirão renegociar a dívida. “Tentei ligar várias vezes, mas não fui bem atendido pela empresa e a dívida só fez crescer”.

Lisboa indica que nessa hora o cliente não deve comprometer mais do que 25% da renda líquida mensal. “Se a pessoa ganha R$ 1 mil e gasta R$ 700 sobram R$ 300 de renda líquida. Ele deve usar 25% desses R$ 300, ou seja R$ 75, para pagar as parcelas da negociação”, explica. Segundo ele, não se deve comprometer tudo que sobra com as parcelas, já que podem ocorrer imprevistos no orçamento.

O presidente da FCDL lembra que é possível negociar com outras empresas que não estarão no feirão. Basta ir ao estande da CDL no local, onde o consumidor terá ajuda para  fazer contato com os credores. A expectativa dos organizadores  é de atender 44 mil pessoas. Em 2011, foram atendidas 26 mil. Hoje, 580  mil baianos estão na lista do SPC.

{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Relacionadas

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta05h00
  • Baixa11h04
  • Alta17h26
  • Baixa23h26

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Anuncie
71 3203-1812
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40310-630 - Salvador, Bahia, Brasil.