Bahia

Guarda municipal é flagrado abusando de menina de 10 anos em Teixeira de Freitas

Jorge Souza da Silva, 53 anos, violentou a menina dentro da escola onde ela estudava. As câmeras da escola flagraram tudo

Atualizado em 30/11/2012 17:38:19

Da Redação
Atualizada às 17h37

Um guarda municipal foi preso acusado de abusar sexualmente de uma menina de 10 anos no município de de Teixeira de Freitas, que fica a 910 quilômetros de Salvador. Segundo a polícia, Jorge Souza da Silva, 53 anos, abusou da criança na escola em que trabalhava como vigia. Ele conheceu a menina em um evento de uma igreja evangélica e prometeu um celular para atrair a menina para a escola fora do horário de aula.

Jorge foi preso em casa por investigadores da Delegacia Especializada da Mulher (Deam) na tarde de ontem e em seguida encaminhado para a carceragem da 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin). 

Segundo o delegado Manoel Andreetta, da Deam, o caso aconteceu na noite do dia 28 de novembro na Escola Municipal Alcionor Barbosa. O guarda pediu para a menina de 10 anos encontrá-lo na escola, onde daria para ela um celular. A criança chegou por volta das 19h30. "Ele faz registro de casamento, é bem religioso, tem tem acesso às crianças, tem a confiança da comunidade", explica o delegado.

De acordo com o delegado, as imagens do circuito de segurança registraram tudo e mostram o guarda abusando da criança em vários pontos da escola "Ele começa a acariciar ela. Ele tratava a menina como se fosse namorada, beijando lascivamente na boca, nas partes íntimas, fazendo carícia", diz o delegado. "Ele não sabia que as câmeras estavam funcionando, foram instaladas no dia anterior", acrescenta Andreetta.

No dia seguinte, o guarda ficou nervoso quando soube que as câmeras haviam sido instaladas na escola e buscou saber se já estava funcionando no dia do abuso. Um funcionário estranhou o interesse e acionou a diretora da escola, que assitiu às imagens e percebeu o abuso, chamando a Guarda Municipal. Só então o caso foi levado à Deam.

Jorge negou que tenha abusado de outras crianças, mas a polícia investiga um segundo caso a partir do depoimento da menina, que indicou que uma colega pode ter passado pela mesma situação. Mesmo com o laudo tendo indicado que não houve penetração, o guarda autuado em flagrante por estupro de vulnerável, como determina o artigo 217-A do Código Penal.

Na casa do guarda, a polícia apreendeu um computador e CDs e fitas com filmagens. "Apreendemos para a perícia verificar se tem material de pedofilia", diz o delegado. O material apreendido será periciado em Salvador.


Guarda foi preso em flagrante ao abusar de criança em escola

Tags:
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Relacionadas

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Baixa00h08
  • Alta06h24
  • Baixa12h32
  • Alta19h02

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Anuncie
71 3203-1812
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40310-630 - Salvador, Bahia, Brasil.