Entretenimento

Novo álbum de Jau está encartado hoje no CORREIO

O CORREIO distribui hoje aos seus leitores 130 mil exemplares do novo álbum de Jau, intitulado Um Pouquinho de Festa... É Bom!, com influências que vão do pop ao samba, do reggae ao soul

Atualizado em 19/11/2013 13:04:11

Aline Valadares
aline.valadares@redebahia.com.br


A promoção do CORREIO está de volta em grande estilo. Para abrir a nova temporada de álbuns encartados no jornal, serão distribuídos hoje 130 mil exemplares do novo álbum de Jau, intitulado Um Pouquinho de Festa... É Bom!
O próprio nome já sugere que não vão faltar motivos para dançar ao som das 11 faixas inéditas que o baiano compôs com o amigo Tenison Del Rey - exceto Amar É Bom, lançada no seu trabalho anterior. “Este disco está mais maduro.

Isso acontece quando o artista se aceita, quando já tem um mercado e pessoas que o seguem. O público me dá régua e compasso para eu fazer o meu trabalho tranquilo e sereno”, conta.

Repertório
Nesse novo trabalho é ainda mais fácil perceber que Jau não bebe apenas de uma fonte dentro dos gêneros musicais. Com bastante influência da soul music, do pop e do samba, o disco traz também o axé zen de Saulo, que fez uma participação especial na música Viral. “Tenho um carinho por Saulo. Chamei para a gravação da faixa no disco e ele logo aceitou e achou a música linda”, revela o cantor.

Além de Viral, que está sendo bastante executada nas rádios, os leitores do CORREIO vão curtir também a animada e apaixonada Fronteira do Impossível (Chuva!), a faixa que leva o nome do disco, Um Pouquinho de Festa... É Bom! (Eu Quero É Mais), Sambassim e Amanda, que Jau escreveu para a mulher com quem casou e teve um filho. Ela, inclusive, revela o artista, é a sua maior inspiração para compor no momento e foi a causa de sua mudança para Florianópolis: “Eu estou morando lá, mas minha a base é aqui. Tenho uma casa em Salvador também”.

Desde o início da carreira, o reggae está presente como uma das maiores influências dele. “O reggae faz parte da minha vida. Sempre foi uma influência muito forte. Cresci ouvindo Bob Marley. Meu jeito de cantar, o sentimento que imprimo, é bem originário de reggae”, revela o cantor, que colocou uma pitadinha do gênero em quase todas as faixas.

Principalmente em Anjo Torto, uma homenagem ao cantor francês Mano Chao. O arranjo foi feito em cima da base de Me Gustas Tu e cita o nome do artista no trecho: “Um anjo torto, meu alto astral, o som de Mano Chao”.

Todas essas influências surgem também dos músicos que acompanham Jau. Dessa forma, as canções e os shows tendem a agradar um público bastante diverso. “A gente toca em festa de pagode, de axé, de forró, de reggae e todos os públicos recebem a gente com o mesmo calor”, confirma o artista.

Para Jau, essas influências e o conhecimento de novas formas de fazer música interferem positivamente no resultado apresentado aos fãs. “Estamos antenados e entrelaçados com o que vem acontecendo no mundo. Quando vamos fazer o arranjo é importante esse conhecimento mais amplo de música que te oferta timbres que se relacionam”, aponta.

Planos
Os fãs de Jau podem aguardar surpresas para 2014. No momento, o artista está em processo de gravação do DVD que será lançado no ano que vem. A ideia é fazer clipes de todas as músicas e depoimentos para compor o registro audiovisual. O primeiro videoclipe é da música Fronteira do Impossível (Chuva!) e está disponível no YouTube.


Fronteiras do Impossível (Chuva!), uma das músicas de trabalho de Jau, ganhou um videoclipe que está disponível no YouTube e já tem mais de 23 mil visualizações. O clipe, que tem direção de Rafael Kent, foi gravado num estúdio em São Paulo e irá compor um DVD que será lançado no ano que vem


O clipe, que já tem mais de 23 mil visualizações, foi dirigido pelo carioca quase baiano Rafael Kent, que vem inovando nessa área e tem no seu portfólio trabalhos, como fotógrafo ou videomaker, com Tiago Iorc, Jota Quest, Marcelo D2 e Sepultura.

Kent também trabalhou no clipe da canção Viral, que foi gravado há uma semana em Salvador, também com participação de Saulo. O próximo clipe será de Anjo Torto e vai ser gravado na Jamaica. “Vai ficar bem bonito. A ideia é fazer um DVD com imagens lindas”, conta.

Bloquinho
Apesar de Jau ter uma relação de trabalho com as quatro estações, ele também vem desenvolvendo o projeto Bloquinho, específico para o Carnaval e que existe desde que saiu da banda Afrodisíaco.

“O Bloquinho é um sucesso garantido. Uma festa de resgate do Carnaval antigo. Continuaremos fazendo no circuito Dodô (Barra/Ondina)”, diz. Mas a festa já começa agora, em novembro. Nesse domingo tem o Baile do Bloquinho, no Hotel Pestana, que vai receber Saulo como convidado especial.

Muito bem casado, feliz e realizado profissionalmente, Jau vê a promoção do CORREIO como uma forma de popularizar ainda mais a sua música. “Essa parceria é maravilhosa. É um jeito de chegar onde a gente não chegava. Não deixa de ser um teste para a popularidade do artista”, revela o cantor.

A promoção está apenas começando. Depois do suingue e da festa de Jau, o CORREIO vai presentear os seus leitores com o disco da Banda Eva, que agora está sob o comando do cantor Felipe Pezzoni. O álbum sai encartado no jornal em 4 de dezembro.

Tags:
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Relacionadas

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta04h23
  • Baixa10h23
  • Alta16h34
  • Baixa22h39

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40310-630 - Salvador, Bahia, Brasil.