Salvador

Polícia suspeita que médica errou marcha em acidente na Pituba

Ela esteve na delegacia, mas estava emocionalmente abalada e não pôde prestar depoimento

Atualizado em 12/04/2012 15:00:11

Da Redação

O delegado Nilton Tormes, titular da 16ª Delegacia Territorial (DT/Pituba), suspeita que a médica que atropelou cinco pessoas, na manhã desta quinta-feira (12), na Pituba, errou na troca de marchas do veículo, provocando o acidente.

"Ela perdeu o controle do veículo na ladeira. Possivelmente, foi engatar uma marcha, engatou a marcha errada, o veículo desceu e acabou atropelando as pessoas que estavam do lado de fora da clínica", disse o delegado em entrevista à TV Bahia.

Acompanhada por familiares e um advogado, a médica esteve na delegacia logo após o acidente, mas estava emocionalmente abalada e não pôde prestar depoimento. “Como ela estava muito abalada, nervosa, chorosa, desesperada, na verdade, pelo ocorrido, foi agendado (o depoimento) para o próximo plantão para que ela pudesse esclarecer o que de fato ocorreu”, completa o delegado.


Carro desceu ladeira e atropelou cinco pessoas em frente a clínica (Reprodução: TV Bahia)

O acidente ocorreu por volta de 6h30 desta quinta-feira (12), na avenida Manoel Dias, na Pituba. De acordo com a Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador), cinco pessoas estavam em frente a uma clínica aguardando atendimento quando foram atingidas pelo veículo. Uma das vítimas, Gissélia Santos Silva, 48 anos, foi socorrida ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu.

O carro, um Fox Volkswagem, dirigido pela médica Lorena Cavalcante Reis Silva, 25 anos, não conseguiu engatar a marcha lenta em um engarrafamento na ladeira que liga a Pituba ao bairro de Amaralina, e voltou de ré. As vítimas estavam do lado de fora da clínica.  

Três unidades do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) prestaram socorro às vítimas e as levaram para o Hospital Geral do Estado (HGE).  

Uma das vítimas, Alderiva Antônio Santos Silva, de 81, está em estado grave. Ela tem uma das pernas amputadas e estava em uma cadeira de rodas. De acordo com agentes do HGE, a idosa sofreu fraturas graves.

Além de Alderiva, permanecem internados no hospital: Maria da Conceição Silva Costa, 63 anos, Ana Maria Santos Novais, 60, e um homem de 50 anos.

{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Relacionadas

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta02h08
  • Baixa08h21
  • Alta14h36
  • Baixa20h36

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40310-630 - Salvador, Bahia, Brasil.