Bahia conquista R$ 2,8 bilhões de investimentos na área de energia

economia
14.11.2015, 10:55:00

Bahia conquista R$ 2,8 bilhões de investimentos na área de energia

Estado conquistou 24 dos 53 empreendimentos distribuídos em nove estados. Usinas solares e eólicas começam a produzir energia em 1º de novembro de 2018

O Estado da Bahia foi o grande vencedor no leilão de energia de reserva promovido pelo governo federa, ontem. O certame resultou na contratação de 1.477,5 megawatts em usinas eólicas (energia gerada pelos ventos) e solares (pelo calor do sol). O estado conquistou 24 dos 53 empreendimentos distribuídos em nove estados, demandando em torno de R$ 2,8 bilhões em investimentos, sendo R$ 2,2 bilhões em energia eólica e R$ 687 milhões em energia solar.

As usinas solares e eólicas começam a produzir energia em 1º de novembro de 2018. O contrato tem prazo de duração de 20 anos.  Entre os vencedores, pelo lado das usinas eólicas, aparecem a EDP Renováveis, com cinco parques e produção de 140MW; a Rio Energy, com oito usinas e produção de 176MW; o Consórcio VBD, com 117MW; e a espanhola Gestamp, com potência de 20MW. À exceção da Gestamp, todos os demais parques são localizados em Morro do Chapéu, enquanto o da empresa espanhola está em Juazeiro.

Entre os empreendimentos solares em território baiano, destaca-se a norte-americana SunEdison, com quatro parques em Juazeiro, com potência de 119,34MW, representando investimentos de R$ 488 milhões; o Consórcio Remanso, em Remanso, com 30MW de potencia e investimentos de R$ 118,5 milhões; e o Consórcio Vila Renovável, em Bom Jesus da Lapa, potência de 20MW e investimentos de R$ 79,4 milhões.  

“A Bahia, mais uma vez, foi a grande beneficiada nesse novo  leilão da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), ficando com 90% da potência comercializada”, comemorou o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jorge Hereda.