Bebê de nove meses é acusado de tentativa de homicídio no Paquistão

mundo
07.04.2014, 17:56:00
Atualizado: 07.04.2014, 17:57:10

Bebê de nove meses é acusado de tentativa de homicídio no Paquistão

Após a cobertura da imprensa sobre o caso, um ministro-chefe local solicitou à polícia que suspendesse imediatamente a acusação contra o bebê

Um bebê de apenas nove meses precisou comparecer a um tribunal no Paquistão para ser fichado e registrar sua impressão digital. Ele é acusado de tentativa de homicídio e apedrejamento por conta de um ataque a policiais no país, segundo informações da CNN.

O caso aconteceu no último dia 1º de fevereiro, quando um grupo de policiais foi a uma casa para cobrar o pagamento de uma conta de gás. Após um desentendimento, o pai do bebê, um irmão mais velho e outras pessoas presentes na residência jogaram tijolos nos oficiais e deixaram alguns deles feridos.

Ainda de acordo com informações da CNN, ainda é incerto o motivo do bebê ter sido envolvido no caso. O seu avô o levou para o tribunal e o garoto chorou enquanto deixava a marca de suas impressões digitais.

Após a cobertura da imprensa sobre o caso, um ministro-chefe local solicitou à polícia que suspendesse imediatamente a acusação contra o bebê. "A polícia abriu uma acusação falsa e trouxe um inocente bebê de nove meses para comparecer ao tribunal", afirmou à CNN o advogado da família, Irfan Tarar.