Casa do Carnaval abre para visitas gratuitas na quinta (15)

entretenimento
14.02.2018, 18:30:00

Casa do Carnaval abre para visitas gratuitas na quinta (15)

Museu traz objetos e áudios inéditos de artistas; a partir de março, a entrada é paga

Agora, sim: feliz 2018! A folia do Momo chegou ao fim, dando início "de verdade" ao novo ano. Mas, quem disse que Carnaval acaba depois de acabar? A cidade apenas aguarda pelo próximo. E é no ritmo desta infinitude, que uma nova experiência pode, agora, ser vivida por todos os baianos e turistas durante o ano inteiro na Casa do Carnaval, localizada no Pelourinho. Confira 10 motivos para visitar o local.

O espaço interativo reúne a memória da festa na Bahia em arquivo material, adereços, esculturas, vídeos e áudios. Objetos inéditos, cedidos por artistas, textos e sala de cinema estão entre os atrativos que prometem recontar três séculos de história da maior festa do mundo. 

O projeto é o primeiro museu do país dedicado à memória da festa e está aberto a visitações a partir de hoje, continuando de terças a domingos, das 11h às 19h. Essas primeiras visitações são gratuitas, mas, calma, porque assim como uma pipoca apertadinha, todos têm espaço, mas precisam chegar cedo: Para ter acesso neste primeiro mês de teste, é preciso realizar agendamento prévio por meio do telefone (3324-6760). As visitas agendadas são realizadas nos horários das 11h, 14h30 e 16h30, com a entrada de 80 pessoas por período.

“É um museu para colocar máscara na cabeça e sair pulando, para ter uma experiência aqui dentro”, resumiu a cantora Daniela Mercury
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

Gratuito por enquanto
A partir de março, no entanto, o museu faz a abertura oficial para o público, com valor de entrada por R$ 50 e R$ 25. Além dos dois andares de exposição, a Casa conta com um local onde vai funcionar o café-bar Terraço do Samba, com apresentações acústicas e lançamentos.

A curadoria do projeto é do artista, designer e cenógrafo Gringo Cardia junto com o professor doutor em Cultura Contemporânea e vice-reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Paulo Miguez, um dos maiores especialistas nos estudos sobre festa. A dupla é a mesma responsável pela Casa do Rio Vermelho.

Serviço
Casa do Carnaval: na Casa do Frontispício, ao lado do Plano Inclinado Gonçalves, na Praça da Sé, entre a Catedral Basílica e o prédio da Coelba.
Visitação: terças a domingos, das 11h às 19h
Visitas agendadas disponíveis para: 11h, 14h30 e 16h30
Agendamento de visitas: 3324-6760