Conexões e tecnologias com propósito

agenda bahia
02.10.2017, 22:53:00
Atualizado: 09.10.2017, 23:12:44
(Evandro Veiga/CORREIO)

Conexões e tecnologias com propósito

Agenda Bahia 2017 engajou agentes de diversos setores sociais

Atualmente, todo mundo está conectado de alguma forma. Mas não basta isso. O mais importante é saber como usar essas conexões para fazer grandes transformações. E foi justamente esse desafio que a oitava edição do Fórum Agenda Bahia – que contou com público recorde de 650 pessoas no Seminário Conexões - abraçou.

O evento reuniu grandes especialistas para mostrar como na prática isso vem ocorrendo e os passos importantes para seguir diante das mudanças que tecnologias e inovações requerem de todos nós.

Antonio Carlos Junior, presidente da Rede Bahia: "Estamos aqui para falar sobre transformação, sobre mudanças de vida e cumprir uma função social"

(Fotos: Evandro Veiga/CORREIO)

De um lado, toda a experiência do fundador e principal executivo do Grupo Amana Key, Oscar Motomura. Do outro, ousadia, criatividade e empreendedorismo do estudante de Engenharia Eletrônica e sócio da AtomicLab, o argentino Gino Tubaro.

O discurso deles foi traduzido na prática em exemplos de vida como o da pequena Ana Luísa, 5 anos - que recebeu durante o evento a mão mecânica produzida em uma impressora 3D -, e o da paratriatleta Adriele Silva,30, patrocinada da Braskem, que após ter sido biamputada há cinco anos encontrou no esporte e na tecnologia uma nova e vencedora vida.

Diretor industrial da Braskem, Carlos Alfano frisou o fato de ter ali um exemplo prático de como a junção do plástico, da inovação e da tecnologia pode melhorar a vida das pessoas. “É um prazer que a gente consiga melhorar essa parceria e acompanhar a realização de um evento tão importante”.

No caso de Luísa, a prótese da mão só foi possível graças às conexões desse mundo moderno. Através das redes sociais, o jornal CORREIO chegou até a menina. Com a foto enviada pelo WhatsApp, Tubaro, na Argentina, conseguiu projetar uma mão biônica para dar mais autonomia à vida da criança. “Ana já tem uma vida normal, mas vai conseguir fazer coisas novas”, comemorou a mãe da garota, a farmacêutica Lucimeire Mendonça.

Carlos Alfano, diretor industrial da Braskem: "É um prazer que a gente consiga melhorar essa parceria e acompanhar um evento tão importante"

Poder

Do alto da sua experiência, Motomura destacou que “os indivíduos têm cada vez mais força, são mais poderosos, porque uma ação pode viralizar e mudar um país. Mas é preciso que essa iniciativa individual não seja egoísta. E sim, atue para o bem comum”.

Motomura é chamado de “o mestre” por admiradores e alunos do Amana Key. Para ele, o “impossível” se torna viável a partir das conexões e estratégias individuais que sirvam ao coletivo. Tubaro segue essa cartilha ao pé da letra, tanto é que faz questão que as próteses de mãos que produz sejam distribuídas gratuitamente.  Até o momento, 630 pessoas já foram contempladas e há uma lista de espera com 5.500 pessoas.

“Nós não enriquecemos com esse projeto, cada um tem o seu trabalho e dessa forma eu acredito que é uma equipe de pessoas que quer fazer coisas boas no futuro”, destacou.

Alex Portela, presidente da Fieb: "Uma das características marcantes do Agenda Bahia é a discussão de temas interessantes para toda a sociedade"

Inspiração

Inspirada no que aprendeu nos debates, Irani Almeida, 37 anos, espera poder impulsionar ainda mais o seu projeto de conectar ONGs, empresas e voluntários numa única plataforma. “Meu projeto visa conectar várias pessoas numa plataforma em prol do coletivo. Me identifiquei com as ideias de Gino (Tubaro)”.

Presente no evento, o presidente da Rede Bahia, Antonio Carlos Júnior, chamou a atenção para o fato de que, a nossa forma de agir, pensar e viver em sociedade mudou muito por casa das tecnologias. “Estamos aqui para falar sobre transformação, sobre os impactos positivos, falar sobre mudanças de vida e cumprir uma função social”, ressaltou, acrescentando que é uma marca do CORREIO ser protagonista de mudanças que os novos tempos exigem em prol da nossa sociedade.

Já o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Alex Portela, lembrou que o AgendaBahia mantém o vanguardismo ao propor debates que estão conectados com as discussões mais relevantes que estão ocorrendo no estado. “Uma das características marcantes do Agenda Bahia é a discussão de temas interessantes para toda a sociedade”.

O Fórum Agenda Bahia 2017 é uma realização do CORREIO, com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador (PMS), Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) e Rede Bahia; patrocínio da Braskem, Coelba e Odebrecht; e apoio da Revita.