Corpo de candidato a soldado da Policia Militar ainda está no IML

Corpo de candidato a soldado da Policia Militar ainda está no IML

Apesar da liberação ter sido feita desde ontem, nenhum parente apareceu

O corpo do candidato a soldado da Polícia Militar, Leandro de Oliveira Queiroz, de 26 anos, que morreu na quarta-feira (10) enquanto realizava um teste de aptidão física (TAF), na Vila Policial do Bonfim, ainda está no Instituto Médico Legal (IML) na manhã desta quinta (11). Apesar do corpo já ter sido liberado desde ontem, nenhum parente apareceu para a retirada.

Leandro teve uma parada cardíaca durante a prova da corrida de 2.400 metros e morreu às 11h50 no Hospital Geral da Polícia Militar. Ele chegou a ser atendido por uma equipe da PM composta por um oficial médico e dois enfermeiros, que acompanhavam a prova. Em seguida, ele foi socorrido por uma viatura do Salvar.

Veja também
Candidato a soldado da PM morre durante teste de aptidão no Bonfim