Criminosos explodem quatro agências bancárias em menos de 1h na Bahia

bahia
07.12.2017, 12:45:00
Atualizado: 07.12.2017, 22:51:22

Criminosos explodem quatro agências bancárias em menos de 1h na Bahia

Os bandidos explodiram agências em Jaguarari e Araci

Em menos de 1h, homens armados explodiram caixas eletrônicos de quatro agências bancárias no interior da Bahia, na madrugada desta quarta-feira (7). Os crimes aconteceram em Jaguarari, no Centro-Norte do estado, e em Araci, no Nordeste.

Em Jaguarari, cerca de 10 homens armados explodiram terminais de auto-atendimento do Banco do Brasil e do Bradesco no distrito do Pilar, distante a cerca de 70 km do Centro da cidade. As explosões aconteceram por volta da 1h. Parte dos caixas e das agências ficou destruída.

Grupo destruiu parte dos caixas eletrônicos das agências (Foto: Reprodução/Blog do Geraldo)

De acordo com a delegada Maria Elisa Padilha Patriota, titular da Delegacia Territorial de Jaguarari (DT/Jaguarari), os bandidos chegaram ao distrito fortemente armados e atirando para cima.

Após efetuar os disparos, o grupo usou explosivos para destruir os caixas eletrônicos das duas agências. A ação durou cerca de 30 minutos. Em agosto deste ano, uma agência do Banco do Brasil foi destruída no centro da cidade. 

"Os homens fortemente armados tomaram a cidade tocando o terror e parando tudo, dando inúmeros tiros com fuzil e armas de grosso calibre. Com os disparos, a população fica acuada e eles conseguem fazer a investida. No distrito há mineração de metais e as pessoas têm um poder aquisitivo relevante, os bandidos se aproveitam disso", explica a delegada. 

Ainda segundo ela, populares relataram que os bandidos chegaram a fazer reféns, mas a informação ainda não foi confirmada. "São boatos que surgiram e nós estamos apurando para saber. Como se trata de informações de populares, ainda não é oficial", explica a titular.

Após as explosões, viaturas da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Caatinga) da cidade de Juazeiro estiveram no distrito, mas, até o início da tarde desta quinta, ninguém havia sido preso.

Com a explosão da agência do Banco do Brasil em outubro, moradores de Jaguarari estavam se deslocando até o distrito e à cidade de Senhor do Bonfim para receber pagamentos.

Araci
No outro ataque, na cidade de Araci, os bandidos chegaram no centro da cidade por volta das 2h. Eles também utilizaram explosivos. No ataque, além dos caixas eletrônicos, os tetos das agências do Banco do Brasil e do Bradesco ficaram destruídos.

Criminosos atearam fogo em um veículo no centro da cidade (Foto: Reprodução/Blog A Voz do Campo)

De acordo com o titular da Delegacia de Araci, Thiago de Almeida de Andrade, após a ação, os criminosos atearam fogo em três carros. Um deles no centro da cidade e os outros dois na saída, nas imediações de uma rodovia. A polícia ainda não localizou os donos dos veículos.

"Era um grupo grande mas ainda não sabemos quantos participaram. Eles fizeram vários disparos. O clima na cidade já está um pouco mais tranquilo, mas a população fica em pânico porque é uma cidade pequena e os bancos eram importantes, um próximo ao outro", explicou o titular.

De acordo com a assessoria de comunicação do Sindicato dos Bancários, neste ano, em toda Bahia, foram registrados 87 casos de ataque às agências bancárias. Foram 49 explosões e 15 arrombamentos. Em Salvador foram 16 ataques e no interior do estado 71.