Del Feliz comemora agenda lotada no São João: 'Reconhecimento'

Música
19.06.2017, 19:47:00
Atualizado: 19.06.2017, 19:50:28

Del Feliz comemora agenda lotada no São João: 'Reconhecimento'

Novo CD do artista estará disponível posta quem adquirir um exemplar do jornal ao preço de R$ 1,50

O cantor e compositor Del Feliz é um dos artistas mais concorridos dos festejos juninos da Bahia e está com a agenda lotada até o fim do mês com mais de 13 shows confirmados em Salvador e também no interior. Nesta terça -feira (20), os leitores do CORREIO poderão ter uma pequena amostra das apresentações do forrozeiro. O novo CD do artista estará disponível posta quem adquirir um exemplar do jornal ao preço de R$ 1,50. 

O trabalho traz  oito novas composições, entre elas, Xote Azul - uma fusão de jazz, blues e xote, composta em Londres; Rainha Minha - que tem participação da Orquestra Santo Antônio e Marcelo Fonseca; O Amor é Assim, um xote romântico, muito característico das letras do cantor (parceria com Ari Persiano).

(Foto: Divulgação)

O São João de Del Feliz já começa nesta quinta-feira (22) no município de Pé de Serra, no Nordeste da Bahia. Na mesma noite, ele se apresenta no distrito de Bandiaçu, em Conceição do Coité. No dia seguinte, ele estará em Santo Antônio de Jesus e Terra Nova. 

O show no Terreiro de Jesus, no Pelourinho, será no dia 24 e de lá Del Feliz pega a estrada para mais duas apresentações em Castro Alves e Conceicao do Almeida, no Recôncavo Baiano. 

Os compromissos na Bahia continuam até o dia 1° de julho. Até lá, ele canta seus sucessos em Entre Rios, Serrinha, Alagoinhas, Feira de Santana, Gavião e Retirolândia. "A gente fica feliz com essa movimentação intensa, pois é um reconhecimento ao nosso trabalho e sinal que o público nos prestigia", disse.

Após o período junino, em julho, o artista fará uma turnê pela América do Norte e Europa. "Os primeiros países que passarei são México, Canadá é uma grande apresentação nos Estados Unidos. Depois, vou para Barcelona, na Espanha, Oslo, na Noruega e termino com as capitais da França e do Reino Unido", contou com exclusividade ao CORREIO.