Governador quer Centro de Convenções no Comércio e anuncia outras ações para revitalizar Centro

salvador
27.07.2015, 16:10:00
Atualizado: 27.07.2015, 18:29:00

Governador quer Centro de Convenções no Comércio e anuncia outras ações para revitalizar Centro

Rui Costa divulgou uma série de medidas para atrair empreendimentos para o Centro Antigo de Salvador

Um Centro de Convenções no Comércio com direito a teleférico ligando-o ao Santo Antônio Além do Carmo, novas ligações subterrâneas entre estações do metrô e novos empreendimentos são apenas algumas das ações do governo para atrair público local e turistas ao Centro Antigo de Salvador.

Os planos foram anunciados pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (27), durante a assinatura da ordem de serviço da requalificação das ruas da região. “Estamos com essa proposta de trazer o Centro de Convenções para a área dos fuzileiros navais  de frente para o mar, com um teleférico saindo do Centro de Convenções para ir para o Santo Antônio para que as pessoas que estejam nos eventos possam visitar o Centro Antigo”, explicou o governador. 

(Foto: Manu Dias/GOVBA)

O secretário estadual de Turismo (Setur), Nelson Pelegrino, informou que o governo ainda está conversando com a Marinha para tentar viabilizar a obra. “As negociações estão acontecendo com o Comando da Marinha. E temos uma comissão que está montando uma proposta de equação que viabilize o empreendimento por PPP (parceria público-privada) ou concessão”, explicou.

O Centro de Convenções atual está fechado e deve passar por reformas emergenciais. “Está fechado por que vai passar por intervenções emergenciais e parar dar segurança e funcionalidade”, declarou.

A assessoria da Marinha informou que está avaliado o pedido do governador, mas que essa mudança não está definida. "Recebemos a proposta de ceder o terreno e isso está sendo avaliado porque aquela é uma área estratégica. Está sendo avaliado quais implicações teria no cumprimento da missão do 2º Distrito Naval", afirmou o comandante Fábio Almeida.

Segundo ele, a Marinha ainda estuda  onde seria alocado o Grupamento de Fuzileiros Navais, caso aceite o pedido do governador. "Uma possibilidade seria a Base Naval de Aratu, mas isso ainda não foi definido", disse.

Outro empreendimento anunciado pelo governador e que pode mudar de lugar é a reitoria da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). Segundo o governador Rui Costa, o governo já conversou com o reitor da universidade, José Bites, para que a direção da instituição seja alocada em alguma construção do Comércio, como o Instituto do Cacau. A assessoria da Uneb não se pronunciou até a publicação desta matéria.

De acordo com o governador, a ideia é atrair mais pessoas e investidores. Costa afirmou, no entanto, que não tem como definir datas para colocar todos os projetos em prática. O governo pretende também ampliar as vagas de estacionamento no centro da cidade, mas o governador não especificou quantas seriam. 

Metrô e VLT
Sobre o metrô, a ideia é fazer novas ligações entre as estações e também com o VLT (veículo leve sobre trilhos). “O VLT que vai sair do Comércio até Paripe, ajuda a revitalizar o centro. E já pedimos também para ligar o VLT por um túnel para a Lapa, para integrar com o metrô”, disse o governador Rui Costa.

No futuro, a ideia é que as integrações sejam por esteiras rolantes subterrâneas. “Vamos ver quanto custa, e a viabilidade de ligar a estação do Campo da Pólvora a Lapa por um túnel para que a gente bote uma esteira rolante, e as pessoas se desloquem”, disse. Outra esteira também é pensada para ligar a Lapa até o terminal da Barroquinha.