Integração do ônibus com o metrô na estação Pirajá é suspensa, e linhas são transferidas para o Retiro

Integração do ônibus com o metrô na estação Pirajá é suspensa, e linhas são transferidas para o Retiro

Até o final de maio, serão integradas no Retiro cinco novas linhas metropolitanas que trafegam pela BR-324

A integração do metrô com as linhas metropolitanas de ônibus na Estação Pirajá, prevista para este domingo (15), foi suspensa, segundo informações da Secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur). Agora, as linhas metropolitanas que estavam previstas para Pirajá serão transferidas até o final de maio para a Estação Retiro, que já funciona como terminal de integração desde janeiro.

A integração entre ônibus e metrô na Estação Pirajá havia sido anunciada para este domingo (15) pelo secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota. Mas segundo ele, a integração dos ônibus com o metrô na Estação Pirajá ainda está em fase de discussão. "A integração dos cartões não está pronta totalmente, não existem cartões suficientes para colocar isso funcionando", disse o secretário, justificando o adiamento da integração na estação. Ainda de acordo com ele, não há previsão de quando Pirajá será interligada ao metrô.

(Foto: Marina Silva/Arquivo CORREIO)

Como a ampliação da integração do metrô com os ônibus metropolitanos já estava definida, a Sedur decidiu transferir as linhas enquanto Pirajá não é aberta à integração. De acordo com Grace Gomes, superintendente de mobilidade da Sedur, a decisão de abertura de Pirajá depende da Prefeitura.

Até o final de maio, serão integradas no Retiro cinco novas linhas que trafegam pela BR-324 com destino à Lapa. São elas: Nova Dias D’Ávila – Estação Aquidabã, Mata de São João – Estação Aquidabã, Madre de Deus – Estação Aquidabã, Camaçari – Estação Aquidabã e Candeias – Estação Aquidabã. As linhas que já estão integradas no Retiro são: Barra – Simões Filho, Góes Calmon – Estação Aquidabã, Ilha de São João – Estação Rodoviária, Areia Branca – Terminal Retiro

Neste domingo (15), a Sedur confirmou que o metrô começará a funcionar no horário das 5h à meia-noite com cinco novos trens. Assim, o tempo de espera nas estações diminuirá de nove para seis minutos. A integração é válida por um período de duas horas.

Ainda no final de maio, os usuários terão acesso ao metrô com o cartão Metropasse sem nenhum custo adicional. O cartão do metrô também será aceito nos ônibus metropolitanos. O metrô transporta cerca de 22 mil usuários por dia útil, segundo a operadora CCR Metrô.