Jovem estrábica atira em rival, mas mata cliente por engano Goiânia, diz delegado

brasil
19.05.2017, 13:16:00
Atualizado: 19.05.2017, 15:12:38

Jovem estrábica atira em rival, mas mata cliente por engano Goiânia, diz delegado

Os dois irmãos vão responder por homicídio qualificado
Leonice Moreira de Sousa (Foto: Reprodução)

Leonice Moreira de Sousa, 23 anos, foi presa suspeita de matar por engano José Paixão dos Santos, 59 anos, em uma briga em Goiânia. Segundo o G1 Goiás, Leonice tentou matar uma mulher no bar por causa de ciúmes, mas acabou acertando um cliente porque não conseguiu enxergar a rival.

À publicação, o delegado Dannilo Proto contou que a jovem tem estrabismo e baixa visão. O crime aconteceu no dia 11 de março deste ano, mas só no dia 11 de abril o irmão da suspeita foi preso. Leonice e o irmão, Maico Douglas, 26, estavam em um bar quando a jovem discutiu com outra mulher por ciúmes de um ex-namorado. Leonice acabou agredida, segundo o G1 Goías.

Os irmãos saíram e voltaram armados. A jovem com quem Leonice brigou não foi ferida. "Mas pelo problema de visão da Leonice, ela acabou atingindo um homem que estava uns 20 metros do verdadeiro alvo dela”, explicou o delegado Dannilo Proto.

Apesar de Leonice negar que tenha atirado, e o irmão confessar o crime e dizer que a irmã não teve participação, a polícia não acredita na dupla. Testemunhas e a perícia apontam que Leonice atirou.


Os dois irmãos vão responder por homicídio qualificado e podem cumprir pena de 12 a 30 anos.