Léo Santana anuncia arrastão na Quarta de Cinzas

minha bahia
12.02.2018, 20:55:00
Atualizado: 13.02.2018, 14:47:39
Gigante tem uma pessoa responsável apenas pela sua hidratação no trio (Foto: Márcio Reis/ Ag. Haack)

Léo Santana anuncia arrastão na Quarta de Cinzas

Cantor arrastou multidão pipoqueira no Campo Grande na tarde desta segunda (12) e fez o anúncio

O batuque que formava o som da música Várias Novinhas tocava por segundos e logo parava, fazendo suspense. Era só passar por perto que dava para ver a pipoca fazendo jus ao nome com os foliões inquietos. Assim foi o início do Trio Independente de Léo Santana, que fez a galera cair na dança mesmo nos ritmos espaçados que tocavam antes do cantor realmente subir no ‘palco ambulante’, no Campo Grande, às 17h50. Mais tarde, no mesmo trio, o cantor anunciou que vai particiar do tradicional arrastão na Quarta de Cinzas (saiba mais abaixo).

“A imprensa não pode subir agora”, anunciava a assessoria do artista enquanto Léo se arrumava no Camarim. Trinta minutos de aguardo, e nada. Só os batuques fazendo o povo efervescer. O gigante, como é chamado, estava no seu processo de produção. Ninguém pode atrapalhar.

Lá do asfalto, não paravam os gritos, corações e fantasias em homenagem ao cantor, no que seria o seu arrastão desta segunda-feira (12), que reuniu famílias e todas as faixas etárias. Camila Nascimento, 15, veio de 'santinha' em homenagem a Léo. "Não tem isso de mulher ser santa ou não, todas são muitas coisas, mas é disso que muitas músicas dele tratam, pra quem souber interpretar", disse. Ela veio com as amigas e a tia, mas estava sozinha para chegar mais perto do trio. "Quero ver ele de pertinho!", exclamou em meios aos gritos de expectativas da galera.

Camila Nascimento, 15, veio de 'santinha' em homenagem a Léo. E a fantasia era costumeira em meio à pipoca do cantor.
(Foto: Vanessa Brunt/CORREIO)

Liliane Oliveira, 27, e Mariana dos Santos, 13, são tia e sobrinha e ouvem Léo Santana em família. "O resto da família tá do outro lado vindo também pro arrastão dele", contou Liliane antes do trio sair. Mariana disse que dança muito Toma que Toma com as amigas e que é a música mais esperada por ela no repertório.
(Foto: Vanessa Brunt/CORREIO)

Os irmãos Daniel Silveira, 28, e Lucas Silveira, 32, vieram para o bloco Kuviteiras, comandado pelo cantor Robsão, mas antes, uma paradinha: "Achamos aqui o bloco de Léo e estamos pensando no que fazer, talvez a gente fique aqui mesmo, não sei. Ele anima de um jeito único, vai além das músicas, é a forma de conduzir", contou Daniel.
(Foto: Vanessa Brunt/CORREIO)

Uma pessoa só para hidratar o cantor 'escondidinho'?
Três frases são inconfundíveis. Dá para saber que Léo Santana está chegando, mesmo de longe ou com olhos fechados. “Vem com o gigante”, “Faz o L” e “Xi, gente!” são as palavras com as quais o cantor mais brinca entre as canções. E foi assim que ele começou a festança ao subir no trio, com a última expressão ecoando pelas ruas.

Indo para um palco extra no trio, Léo parecia mais pipoca do que qualquer folião. ‘Vumbora, vumbora, vumbora’, cantava, enquanto não parava de dançar. Tinha coreografia para todas as músicas. Ele fazia três coisas ao mesmo tempo: mexer o corpo com todos os passos iguais aos das duas dançarinas, cantar, e fazer corações para o público.

Com óculos de sol, uma bandana na cabeça e várias correntes no pescoço, era difícil fotografar o cantor a ponto de deixar todas essas coisas visíveis. Ele não para. Só para beber água, mas é quase impossível notar. Jair Santos, 30, responsável por ajudar o cantor a se hidratar no trio – sim, existe gente que trabalha somente para isto com o cantor -, conta que ajuda a esconder os momentos e fazer com que aconteçam rápido. “É água de coco com sais minerais. Ele toma muito, mas não para de cantar quando deve. Ninguém nota mesmo”, disse.

Lore confessou que é um dos principais motivos para Léo saber todas as coreografias de todas as músicas que apresenta no Carnaval
(Foto: Vanessa Brunt/CORREIO)

Até para as músicas que não eram autorais, Léo tinha dança pronta. O motivo foi explicado logo depois. "Cheguei pra matar a saudade do boy! Estamos ótimos”, contou Lore Improta ao embarcar no trio. “Fico no pé dele com as coreografias, dançamos juntos pra ensaiar, mas ele adora. Agora fica assim: com show inteirinho dançante", exclamou a namorada, que era reconhecida e aclamada por todas as gerações na pipoca e nos camarotes.

Ao passar para o meio do trio, um selinho na namorada. E a galera delirava!

A atriz Mariana Xavier é fã de Léo Santana assumida e também veio curtir muito o Carnaval acompanhando o gigante. "Ele anima demais!".
(Foto: Vanessa Brunt/CORREIO)

Arrastão da Quarta de Cinzas
Um minuto de silêncio. Aconteceu. Ou não. A música parou para ouvir a pipoca berrar “Faz o L!”. E era ‘L’ para todo lado. O que ele pede, a galera faz mesmo. Se é para balançar as mãos, balançam de forma sincronizada. Mas, dessa vez, ele nem precisou pedir. Em meio à homenagem, o artista segurava o choro, e aproveitou o momento para fazer um anúncio: “Vamos ter o Arrastão do Gigante na Quarta-feira de Cinzas. Lutei muito por isso, e só consegui graças a vocês. Tudo graças a vocês. Obrigada!”, disse em tom de emoção.

O desfile de Léo está marcado para começar às 9h, no Farol da Barra, e segue até Ondina. Por meio da assessoria, o artista afirmou que vai receber convidados no trio, mas não revelou quem são. Também está confirmada a presença do cantor Danniel Viera, que comandará o arrastão a partir das 9h30. Ele contará com as participações de Lá Furia e Hiago Danadinho.

Hits
Léo Santana consagrou a música Várias Novinhas como sua aposta para o Carnaval 2018.  Mas a galera não pirava só com essa parte do repertório. A música As Amigas Falsiane, Vai dar PT e Batedeira fizeram a galera berrar na mesma intensidade. Confira vídeo:


Os efeitos pirotécnicos e os fogos de artifício só serviam para acompanhar a animação da pipoca. Os ambulantes, as crianças... ninguém deixava de dançar. Mal sabiam eles que, aquele que parece não parar nunca, estava dando, naquele momento, uma pausinha para a água.