Michel Temer lamenta morte de Teori e decreta luto oficial de três dias

Michel Temer lamenta morte de Teori e decreta luto oficial de três dias

Segundo presidente, ministro teve "trajetória impecável"
Resultado de imagem para temer correio 24h
(Foto: Divulgação)

O presidente Michel Temer fez um pronunciamento nesta quinta-feira (19) em que lamentou a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, no que chamou de "doloroso acontecimento". Temer afirmou que Teori foi um homem público de "trajetória impecável a favor do direito e da justiça". Disse ainda que ele foi um "orgulho para todos os brasileiros".

Ele falou ao dos ministros José Serra (Relações Exteriores), Grace Mendonça (Advocacia-Geral da União) e Alexandre de Moraes (Justiça). O presidente decretou três dias de luto oficial, para ele uma "modesta homenagem a quem tanto serviu à classe jurídica, aos tribunais e ao povo brasileiro".

Teori Zavascki morreu após um acidente aéreo na tarde desta quinta (19) no litoral de Paraty, no sul do Estado do Rio. O magistrado era o relator das ações da Operação Lava Jato no STF. 

Temer vai indicar substituto
Temer vai indicar o substituto de Teori no STF. Segundo regimento do Supremo, esta pessoa deve passar a ser relator dos processo da Lava Jato que chegam à corte mais alta do país.

Cabe ao Presidente da República escolher escolher os membros do STF. Depois, o indicado para o cargo precisa ser sabatinado e aprovado pela maioria do Senado Federal.