Ô abre alas que eu quero passar

de fora
13.02.2018, 05:00:00

Ô abre alas que eu quero passar

O bloco da seleção brasileira levará 23 jogadores para a Rússia. Neste momento, está claro que um grupo de 15 ou 16 atletas já assiste à briga pelas últimas vagas de camarote. Destes, nenhum atua no futebol brasileiro e apenas dois não estarão em campo nas oitavas de final da Liga dos Campeões, que começam a ser disputadas nesta terça-feira de carnaval. Se você quiser assistir ao bloco da seleção brasileira desfilar, então, já sabe em qual circuito procurar.

Um dos jogos que abrem a fase da competição é Juventus x Tottenham. Nesse confronto, estão dois brasileiros que ainda correm atrás de uma camisa no bloco da Seleção que vai à Copa do Mundo: Douglas Costa e Alex Sandro. No caso do lateral, o problema está na posição. Tite tem três opções na esquerda, mas apenas duas vagas (e uma já é de Marcelo) se não quiser sacrificar a convocação de outra posição. Durante muito tempo, o lugar parecia ser de Filipe Luís, mas com a saída do Atlético de Madrid da Champions e o crescimento do jogador da Juve, a coisa pode mudar. Já Douglas Costa vai ter que mostrar muito samba no pé neste mês para estar na lista do dia 2 de março, a última antes da convocação final de Tite para a Copa.

Na outra partida do dia, Basel x Manchester City, a ala do goleiro Ederson e do volante Fernandinho está garantida. Gabriel Jesus, mesmo ainda fora da apresentação por lesão, também já tem passagem. Quem ainda briga por espaço é Danilo. Boas atuações na Europa podem contar mais que o desempenho da concorrência no Brasil, no caso, Fagner, do Corinthians, disputando Campeonato Paulista.

Na quarta-feira, atrás do verde-amarelo, só não vai quem já morreu. Nada menos do que seis brasileiros que estarão na Copa do Mundo entram em campo para Real Madrid x PSG. No bloco espanhol, temos Marcelo e Casemiro, enquanto o lado francês tem Neymar, Daniel Alves, Marquinhos e Thiago Silva. Para completar os desfiles da semana, o Liverpool se exibe com a mistura do Brasil com o Egito diante do Porto. Nas minhas contas, Firmino já está muito mais pra lá (da Rússia) do que pra cá. Pena que não dá para levar o egípcio Mohamed Salah junto.

Na próxima semana, fechando os jogos de ida das oitavas, fique de olho em Willian e Paulinho no confronto entre Chelsea x Barcelona. Coutinho, infelizmente, não pode ir pra avenida porque já atuou pelo Liverpool na competição. Em Bayern de Munique x Besiktas, o baiano Talisca, revelado pelo Bahia, pede passagem. Já são 14 gols na temporada, numa posição onde os concorrentes não estão exatamente subindo as cordas.

Por fim, o Shakhtar, time mais brasileiro da Liga dos Campeões, enfrenta justamente a Roma, do goleiro Alisson, cada vez mais número 1 da Seleção. São sete brasileiros na Ucrânia, ali pertinho da Rússia, no quesito geografia, mas apenas Taison tem chances de desfilar com a camisa amarela no país.

Como vimos, um carnaval de jogadores brasileiros em campo, em jogos de alto nível, atuando com outros atletas que também vão levar suas alegorias para a Rússia. Certeza de bom futebol e, quem sabe, de mais algumas alas confirmadas.

Clara Albuquerque é jornalista e correspondente internacional na Europa. Escreve às terças-feiras.