Pai luta para manter filha em Salvador após abusos

salvador
29.03.2014, 06:37:00

Pai luta para manter filha em Salvador após abusos

Quando vivia com a mãe, em seu país de origem, a criança teria sido violentada sexualmente pelo padrasto mais de uma vez

Para garantir a permanência de uma criança estrangeira vítima de abuso sexual no Brasil, o Ministério Público Federal (MPF) encaminhou, ontem, uma ação com pedido de liminar à Justiça Federal. De acordo com a assessoria do órgão, a menina vive com o pai em Salvador.

Quando vivia com a mãe, em seu país de origem, a criança teria sido violentada sexualmente pelo padrasto mais de uma vez. A ação foi movida pelo procurador regional dos Direitos do Cidadão, Edson Abdon, que solicitou que nenhuma medida seja tomada para levar a garota de volta, se isso for solicitado pelo governo de seu país natal - que não foi informado.

Segundo a assessoria do MPF, a menina, que está sendo acompanhada pelo serviço de psicologia do Ministério Público do Estado (MP), já declarou que prefere continuar vivendo com o pai em Salvador. O MPF não divulgou outras informações sobre a criança. De acordo com a assessoria da Justiça Federal, o prazo para o julgamento de um pedido de liminar é de 24 horas.