Passageiros se jogam de ônibus durante assalto na Avenida Bonocô

salvador
25.02.2016, 08:03:00
Atualizado: 25.02.2016, 17:54:31

Passageiros se jogam de ônibus durante assalto na Avenida Bonocô

A situação aconteceu por volta das 6h30, em frente ao Supermercado Hiper BomPreço
Foto: Reprodução/TV Bahia
Foto: Reprodução/TV Bahia

Cinco passageiros ficaram feridos depois de se jogarem de um ônibus que fazia a linha Patamares/Lapa R2 durante um assalto na manhã desta quinta-feira (25). Segundo a Central de Polícia, as vítimas ficaram com medo e acabaram saltando do coletivo em movimento na Avenida Mário Leal Ferreira (Bonocô). O acidente aconteceu por volta das 6h30, em frente ao Supermercado Hiper BomPreço.

A delegada do Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (Gerrc), Glaucia Souza, contou que o bandido entrou no ônibus no primeiro ponto da Avenida Bonocô - para quem segue do Dique em direção ao Iguatemi. O suspeito passou pela catraca e anunciou o assalto. "Ele não esperou para praticar o crime. Cerca de dez metros depois de entrar no coletivo ele anunciou o assalto e começou a pegar os pertences dos passageiros", disse.

Os passageiros contaram à polícia que o bandido estava armado com um revólver, bastante agitado e nervoso. Ele gritava e xingava as vítimas enquanto elas eram obrigadas a colocar os aparelhos de celular dentro de uma mochila. Durante a ação, alguns passageiros pediram para o motorista abrir as portas para eles saltarem. Quando as primeiras pessoas começaram a descer do ônibus o bandido teria pedido para o motorista acelerar.  Passageiros contaram que ele chegou a colocar a arma na cabeça do rodoviário.

A delegada não soube informar em que velocidade o ônibus estava no momento em que as vítimas pularam e disse que apenas os celulares de alguns passageiros foram roubados. No momento do assalto havia cerca de 15 pessoas no coletivo.

Depois de praticar o crime o bandido conseguiu fugir, na região da Avenida Bonocô. Equipes da Operação Gêmeos foram acionadas para atender a ocorrência. Os passageiros Vanderlei Pereira dos Santos, 46 anos, e Adlla Margranfia Araújo Silva, 22, foram socorridos por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levados para o Hospital Geral do Estado (HGE).

A assessoria da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) informou que Vanderlei recebeu alta médica no final da tarde e que Adila aguarda para passar por uma avaliação com o neurologista. Ela está fora de perigo e passa bem. 

Corrigimos: A Central de Polícia havia informado inicialmente que os feridos eram duas mulheres; a informação foi corrigida às 8h43

O motorista, o cobrador e outros quatro passageiros que tiveram os pertences pessoais roubados estiveram no Gerrc, onde fizeram ocorrência. O coletivo foi recolhido para a garagem. De acordo com informações da PM, guarnições da Operação Gêmeos seguem em diligência em busca do acusado. A delegada informou que solicitou as imagens de segurança do ônibus. Ninguém foi preso.