Romarinho decide e Al Jazira vence na estreia do Mundial

esportes
06.12.2017, 18:14:43
Atualizado: 06.12.2017, 18:22:20
Romarinho, de branco, passa por Darren White, do Auckland City (Karim Sahib / AFP)

Romarinho decide e Al Jazira vence na estreia do Mundial

Brasileiro fez o único gol da partida entre seu time e o Auckland City, da Nova Zelândia

O Al Jazira fez a festa da torcida da casa e se garantiu nas quartas de final do Mundial de Clubes nesta quarta-feira (6), graças ao brasileiro Romarinho. Campeão do torneio em 2012 pelo Corinthians, o atacante aproveitou a única chance que teve, marcou um belo gol no primeiro tempo e definiu o triunfo do time dos Emirados Árabes Unidos sobre o Auckland City, por 1x0, em Al Ain, na abertura da competição.

Com o resultado, o time dos Emirados Árabes terá pela frente na próxima fase o japonês Urawa Red Diamonds, campeão da Ásia, no sábado (9). Quem avançar vai encarar o Real Madrid na semifinal. Já o Auckland City voltou a decepcionar, apesar de ter sido melhor ao longo da partida, e deixou sua nona participação no Mundial - a sétima seguida - logo na estreia.

Nesta quarta, o Al Jazira começou mantendo a posse de bola, mas o Auckland City era mais eficiente quando atacava e criou a primeira boa chance aos 12 minutos. Após bela troca de passes, De Vries cortou a marcação e bateu da entrada da área, travado. Aos 29, Tade e De Vries fizeram boa jogada pela esquerda e a sobra ficou na entrada da área com McCowatt, mas o atacante chutou fraco e facilitou a vida de Ali Khaseif.

Romarinho era figura quase nula na partida até então, a não ser por uma tentativa de elástico no ataque. Mas aos 37, em sua única finalização, ele resolveu o duelo. O atacante fez bela tabela com Mabkhout, que, ao tentar entrar na área, foi travado pela defesa. A sobra ficou com o brasileiro, que encheu o pé de fora da área, no canto direito do goleiro.

Representante sul-americano, o Grêmio viajou nesta quarta para os Emirados Árabes. O time brasileiro estreia na semifinal, dia 12, contra o vencedor do confronto entre Pachuca, do México, e Wydad Casablanca, do Marrocos.