Varejão aceita anel do Warriors e se torna campeão da NBA

esportes
06.10.2017, 16:03:29
Atualizado: 06.10.2017, 16:20:47
Varejão se junta a Splitter e Leandrinho como campeões da NBA (Ethan Miller/AFP)

Varejão aceita anel do Warriors e se torna campeão da NBA

Ala-pivô deixou atual campeão antes do final da última temporada, mas foi presenteado pela franquia

Anderson Varejão se tornou o terceiro brasileiro campeão da NBA. Apesar da temporada ter acabado em junho, somente nesta sexta (6), o ala-pivô revelou que lhe foi oferecido o anel de campeão por parte do Golden State Warriors. Varejão jogou pela franquia boa parte do campeonato, mas foi dipensado em fevereiro, antes do início dos playoffs. Ele atuou em somente 14 partidas, sendo uma como titular. 

"Tô aqui para compartilhar com vocês uma coisa que aconteceu há umas duas semanas. Eu recebi uma ligação do Golden State e me disseram que havia sido feita uma votação entre jogadores e comissão técnica, e decidiram que seria merecido que eu recebesse o anel de campeão, pelo tempo que passei com eles. Esse reconhecimento, esse carinho deles, me deixa orgulhoso e honrado. Vou aceitar esse anel, que representa muito mais do que um título para mim, representa a nossa história juntos, todos os momentos que passei com eles. Gostaria de agradecer a todos, franquia, jogadores, técnicos, aos fãs, e a todos que me acompanham no dia a dia, pelo carinho e pelos pensamentos positivos. Uma boa temporada a todos dos Warriors e muito obrigado!", informou o ala-pivô em vídeo postado em sua conta no Instagram.

As franquias têm a prerrogativa de dar ou não um anel de campeão aos atletas que participaram do elenco durante apenas parte da temporada. Em 2015/16, Varejão havia saído do Cleveland Cavaliers, que se tornaria campeão, mas como havia se juntado ao Warriors, equipe derrotada pelo Cavs na final, preferiu não aceitar o anel oferecido pela equipe de Cleveland. 

Atualmente sem equipe, mas ainda buscando uma franquia para jogar na liga americana, Varejão se junta a Leandrinho, campeão pelo Warriors em 2014/15, e Tiago Splitter, que alcançou o título com o San Antonio Spurs, em 2013/14.