Carnaval

"Carinho absurdo por todos os gays", se defendeu Léo Santana após acusações homofóbicas

Cantor fez declarações polêmicas durante sua passagem pela Barra na última sexta-feira (5)

Da Redação (redacao@redebahia.com.br)
Atualizado em 07/02/2016 15:44:49

O cantor Léo Santana usou o Snapchat neste domingo (7) para explicar as declarações que fez durante seu desfile em um trio independente no circuito Dodô, na última sexta-feira (5). Depois de ver uma briga em sua pipoca, Léo Santana reprovou a atitude. “Tem cada tipo de homem, é tanta mulher bonita e os homens ficam nessa viadagem”, afirmou.

Após a declaração, fãs começaram a acusá-lo de homofobia em comentários das suas redes sociais. Leo então resolveu se manifestar sobre o caso e afirmou que tem um carinho absurdo pelos fãs que são gays. 

VEJA TUDO O QUE ESTÁ ROLANDO NO CARNAVAL

Léo Santana desfilou em trio independente no circuito Dodô
(Foto: Angelo Pontes/Agecom)

“Creio que eu, Leandro Santana, seja o único artista homem que tenho um carinho absurdo por todos os gays do mundo. Eu tenho pra caramba fãs que são gays e em hipótese alguma que faltaria com o respeito a eles”, disse o cantor em um dos vídeos.

Léo disse ainda que sempre levantou a bandeira contra o preconceito. “Quem mais faz músicas falando de preconceito, discriminação sou eu. Homofobia é uma coisa muito séria, tenham cuidado com as coisas que vocês falam”, completou.

BAIXE O FAROL: O APLICATIVO QUE VAI TE GUIAR NO CARNAVAL

No Facebook, a página Guia Gay Salvador incentivou que as pessoas denunciassem as declarações do cantor ao Observatório da Discriminação Racial e LGBT, Violência Contra a Mulher, iniciativa da Secretaria Municipal da Reparação com apoio da Superintendência de Políticas para as Mulheres. O núcleo está recebendo denúncias por meio do Whatsapp no número (71) 98622-5494.

A superintendente de Políticas para as Mulheres de Salvador, Mônica Kalile, disse que está avaliando quais medidas poderão ser tomadas após o Carnaval. "Pode ser uma simples retratação pública ou uma prestação de serviços ou uma cartilha. O que não pode é um artista como ele fazer esse tipo de declaração. Não acredito que ele seja homofóbico, mas acho que ele, como artista, deve ter cuidado com o que fala", declarou.

Rede social
Ainda na apresentação de sexta, o cantor contou ao público que se irritou ao ser chamado de gay por fãs em uma rede social. “Agora tudo é problema, a gente não pode dizer que ama seu próprio irmão que você já é gay. Eu postei uma foto com meu irmão dizendo ‘eu te amo’ e ficaram me chamando de viado. Isso é uma palhaçada”, declarou.

“Eu respeito todo tipo de sexualidade, tenho fãs gays e não tenho problema com isso”, se defendeu. Porém, ao finalizar suas declarações, voltou a repetir: “mas, na moral, eu não entendo, tanta mulher bonita nesse arrastão e tem homem com homem que fica aí se beijando”, completou.

publicidade
{{ commentsTitle }}
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Ao comentar o autor da mensagem esta aceitando os Termos e Condições de Uso.
{{comment.username}} {{comment.creation_tstamp*1000 | date:'dd/MM/yyyy - HH:mm'}}
{{comment.comment}}
  • {{comment.dislike_count | number}}
Comentário aguardando moderação
Relacionadas

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Baixa02h02
  • Alta08h24
  • Baixa14h36
  • Alta21h15

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.