Empregos

Especialista orienta como definir preço do produto ou serviço do profissional autônomo

Valor de produto ou serviço de profissional autônomo deve incluir custos fixos e variáveis

Renata Drews (renata.drews@redebahia.com.br)
Atualizado em 20/03/2017 10:37:19

Definir o valor do serviço ou do produto é uma das maiores dificuldades do profissional autônomo e do micro ou pequeno empresário de primeira viagem. E o preço é fator decisivo para o sucesso ou para a falência do negócio. “O certo é vender muito no preço correto. Se vender muito no preço errado, vai ter prejuízo”, explica o gerente regional do Sebrae, Rogério Teixeira.

Apesar de recorrente entre os profissionais, usar percentuais como marcadores de valor é uma forma de garantir perda. Um exemplo disso é alguém que compra uma água por R$ 1 e vende por R$ 2, imaginando que lucrou 100%, mas nessa conta ficam de fora a mão de obra e o deslocamento, que deixaram de ser embutidos nos R$ 2 cobrados.

(Ilustração: CORREIO)

Para Rogério, “o empresário deve listar tudo aquilo que está ligado à razão de viver do negócio”. E na conta devem entrar os custos fixos e variáveis. No caso de uma manicure que atende em domicílio, por exemplo, transporte, esmalte, algodão e demais materiais comprados e utilizados para atender o cliente são gastos variáveis. Já os fixos são os impostos, o salário de sua ajudante e o próprio salário. Apesar de autônoma, ela deve retirar mensalmente o seu pagamento.

Em uma barbearia, por exemplo,  aluguel, consumo de água, energia e impostos são contas fixas. E, nesse caso, a máquina de barbear, a espuma, tesoura e toalha são gastos variáveis, sendo materiais utilizados no serviço.

Dicas para definir o valor de um produto ou serviço

Pesquisa  Na dúvida de como estipular o preço adequado, pesquise qual a margem de lucro que outras empresas colocam para o produto ou serviço que você vende.

Concorrência  Depois de pesquisar, utilize os valores da concorrência apenas como referência. Lembre-se que o concorrente pode ter gastos menores ou superiores ao seu. 

Controle  Mantenha uma planilha com todos os custos fixos e variáveis do seu negócio e defina seus valores a partir dela. A listagem de gastos ajuda a determinar o quanto deve ser cobrado para garantir lucro e evitar prejuízo.

Custos fixos e variáveis  No caso de um profissional que atende em domicílio, até o transporte tem de ser contabilizado (como gasto variável). Os custos variáveis de uma maquiadora, por exemplo, são a maquiagem e demais materiais utilizados por ela a serviço do cliente. Os gastos fixos podem ser o aluguel do atelier, contas de água, luz, impostos e salário de funcionários.

Pró-labore  Mesmo sendo dono do negócio, defina o seu salário e efetue a sua retirada mensal da mesma forma como paga os seus funcionários. Esse gasto deve ser incluído na planilha como custo fixo.

Ajuda O Sebrae oferece cursos para orientar como formar o preço e gerir as contas do negócio.

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Baixa01h24
  • Alta07h54
  • Baixa14h04
  • Alta20h26

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.