Famosos

Acusado de agressão pela mãe, ex-Restart desabafa: 'Muito difícil'

Segundo cantor, ele apenas foi apartar briga da mãe com a namorada

Da Redação (redacao@correio24horas.com.br)
Atualizado em 19/06/2017 21:59:42

O cantor Pe Lanza, ex-vocalista da banda Restart, comentou nesta segunda-feira (19) uma denúncia de que teria agredido a própria mãe na quarta-feira passada. Leni de Cássia Lanza Rei procurou a delegacia para denunciar o filho e a nora por agressão. Ela afirmou que não queria mais que Pe e a namorada, Gabriela Merjan, ficassem em sua casa. Inconformado, o cantor teria dado socos nos braços e costas da mãe. A nora teria atirado uma panela na direção de Leni, que afirmou à polícia, ainda, que não foi a primeira vez que foi agredida pelo filho. 

Mãe e Pe (Foto: Reprodução)

Em entrevista ao Cidade Alerta, Pe Lanza negou ter batido na mãe. "Eu também estou chocado (...) Algumas inverdades foram contadas e a história foi um pouco distorcida. Não teve agressão nenhuma da minha parte, mas teve agressão da parte da minha mãe, tanto verbal, moralmente e fisicamente, para cima da minha namorada. Eu tentei a todo momento apaziguar e separar as duas", afirmou. "No meu lugar, estava sendo muito difícil ver a minha mãe, minha progenitora, que esteve comigo a vida inteira, que amo de paixão, e ver a minha namorada, mulher da minha vida, em pé de guerra", explicou o cantor. Ele disse que conseguiu separar as duas e foi a mãe quem pegou uma panela e atirou na namorada. "Eu tenho vídeo desse momento, prefiro mostrar para a polícia antes", acrescenta. "Nunca imaginei que fosse me decepcionar com a minha mãe por causa dessas coisas". 

No Instagram, Gabriela comentou o caso e disse que brigou com a sogra por causa dos maus tratos ao seu cachorro e outras provocações. "Ela veio me xingar. Na verdade, já é de tempos que ela me odeia e me xinga. Chutava meu cachorro e eu só cuidava da dela porque ela nunca cuidou da cachorra, passava meses sem banho, não comia e etc. Até que um dia eu não aguentei mais ser xingada quieta e xinguei também! Aí ela não aguentou, veio para cima de mim e tudo mais. Aí eu bati pra me defender. O Pedro berrava para gente parar, e ela não largava meu cabelo. Eu já estava no chão e ela continuava a me bater. Até que o Pedro segurou os braços dela. Ela veio com uma tesoura de ponta falando que iria me matar. Foi quando eu falei que iria embora e me tranquei no quarto. Estou cheia de roxos na perna e corte no braço", comentou no Instagram.

Gabriela e Pe (Foto: Reprodução/Instagram)

Ao R7, Gabriela afirmou que agiu para se defender, mordendo o dedo da sogra. "Ela me jogou no chão. Fiz isso apenas para me defender. Ela tem muito ciúmes do filho e já fez de tudo para atrapalhar nosso relacionamento. Estou com hematomas que foram fotografados e apresentarei para a Justiça", diz Gabi.

O cantor afirma que a mãe é uma pessoa difícil. "A minha mãe é uma pessoa sozinha, se separou do meu pai (...) A casa que ela mora hoje é do meu pai, por eu morar lá com ela, hoje em dia não estou mais morando por causa desses acontecimentos, meu pai dava todo suporte (...) Não sou médico para dar laudo, mas minha mãe sempre teve muito ciúme, por ser muito sozinha, e tem vestígios de depressão", afirmou Pe, reafirmando estar decepcionado com o ocorrido. Ele disse que nunca imaginou que a situação fosse se tornar pública, mas que fará de tudo para se defender das acusações da mãe.

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta01h54
  • Baixa08h09
  • Alta14h28
  • Baixa20h34

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.