Futebol

Kaká garante que quer seguir na MLS, mas futuro segue incerto no Orlando City

O brasileiro está no último ano de seu contrato e embora queira permanecer, não há ainda nenhuma negociação de contrato

Redação Goal

Barba feita, cabelo idêntico e um sorriso que é sua marca registrada. Kaká parece o mesmo de quando tinha seus 20 anos. Ao sentar para conversar, em entrevista exclusiva com a Goal, o brasileiro, que recentemente completou 35 e tem apenas mais alguns meses em seu contrato, garante que quer permanecer no Orlando City.

Ao invés de pensar em aposentadoria, ele acredita que tem pelo menos mais dois anos para jogar. O vencedor da Bola de Ouro, em 2006, falou também sobre o passado e evitou planejar o futuro de sua vitoriosa carreira.

"Minha primeira opção é ficar aqui, quero continuar jogando aqui em Orlando", disse Kaká. "Mas nós ainda não falamos sobre isso, vamos esperar o momento certo para falar sobre isso, agora eu só me concentro em jogar, permanecer em forma e ser feliz no campo", afirmou ele.

(Foto: AFP)

Outros pontos da entrevista:

Lesão no começo da temporada

"Não é bom quando você começa a temporada com uma lesão, mas ver a equipe vencendo todos os jogos e jogando muito bem, isso facilitou. Para mim, na verdade, é muito bom porque eu sempre disse que a coisa mais importante para uma equipe é vencer e conquistar títulos junta".

Como está o Orlando City?

"A equipe tem uma identidade, independente dos jogadores. É claro que há muitos jogadores que podem fazer a diferença durante o jogo, mas o mais importante é a identidade da equipa e a filosofia de jogo da equipe".

Pretende deixar a MLS?

"Sim, estou muito feliz aqui, esta é a melhor parte porque isto aqui é mais do que eu pensava. Quando cheguei aqui, sabia que seriam muitas coisas diferentes no campo, fora do campo, mas esta experiência aqui na MLS, está sendo muito boa".

"Estou orgulhoso de ver os estádios cheios, estou orgulhoso da escolha que fiz. Não precisamos esperar até o final do ano (para assinar um novo contrato), mas até agora o clube ainda não disse nada. Acho que todo mundo está esperando e feliz com este momento, e com certeza o momento chegará para discutir uma renovação".

Pensa em se aposentar?

"Meu futuro está no campo, acho que talvez tenha mais dois anos. Vou ver qual a minha condição, meu corpo, minha motivação, minha mente. Então há muitas coisas para ver. Isso tudo é algo que ainda amo".

O treinador do time norte-americano, Jason Kreis, também elogiou o seu comandado: "Vale a pena reiterar que ele trabalhou incrivelmente duro na pré-temporada, e chegou ao clube incrivelmente magro, em forma. O que ele faz e fez é inigualável".

"E eu pensei que realmente vamos ver o seu melhor. Ele é um jogador incrivelmente importante para nós. Ele é um jogador extremamente talentoso que pode criar jogadas marcar gols, e realmente ditar o ritmo do nosso jogo, mas mais que isso, ele é um líder para o nosso clube, e uma pessoa que serve como exemplo para os outros atletas", concluiu ele.

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta04h06
  • Baixa10h15
  • Alta16h36
  • Baixa22h38

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.