E.C. Vitória

Vitória não reverte vantagem do Paraná e está fora da Copa do Brasil

Rubro-negro ficou no empate em 0x0 na Vila Capanema e se despediu da competição

Fernanda Varela (fernanda.varela@redebahia.com.br)
Atualizado em 19/04/2017 23:02:40

O que faltou? Sorte? Raça? Qualidade? Agora, pouco importa. A conta chegou e veio salgada. O Vitória pagou um preço alto por ter perdido no jogo de ida, em casa, por 2x0. Nesta quarta-feira (19), ficou apenas no 0x0 com o Paraná, na Vila Capanema, e está eliminado da Copa do Brasil. 

Foto: Moysés Suzart/EC Vitória

O pensamento ao pisar no gramado tinha que ser um só: partir para cima, com tudo. O técnico Argel Fucks mexeu na zaga e no meio-campo. Sacou Alan Costa, que teve queda de rendimento, e colocou Fred, com qualidade na bola parada e que poderia ser importante em caso de pênaltis. Além disso, apostou em Euller como homem ofensivo, já que Paulinho estava suspenso.

A mudança na defesa deu resultado. O Paraná pouco chegou à meta de Fernando Miguel. No primeiro tempo, apenas arriscou com uma falta cobrada por Jhony.

Satisfeito com partida, Argel Fucks elogia equipe: 'foi de encher os olhos'

Durante todo o primeiro tempo, o Leão foi melhor, teve mais posse de bola, mas não foi suficiente. Aos 20, a melhor chance. Patric cobrou escanteio e Cleiton Xavier, muito bem posicionado, cabeceou. Leo defendeu. O Leão ainda chegou com um chute de forte de Kanu e outro de Willian Farias. Muito pouco para quem já entrou em campo precisando fazer três gols.

Na volta, o Vitória substituiu a ineficaz cautela por correria, desespero. Continuou com mais posse de bola, dominou o jogo, mas cometeu o maior dos pecados: não fez nenhum gol. 

Teve uma boa chance aos 29, quando Cleiton Xavier chegou na pequena área e Léo acompanhou apenas com os olhos. Mas Patric e Pineda não conseguiram chegar a tempo. Fred também teve chance com uma falta mal cobrada. Pineda e Jhemerson por muito pouco não marcaram. Chances desperdiçadas.

 Não adiantou jogar bem, dominar a partida. O Vitória está eliminado. Mas também não adianta remoer essa dor. No domingo, o rubro-negro já tem mais uma decisão pela frente. Às 16h, no Barradão, encara o Vitória da Conquista por uma vaga na final do Campeonato Baiano. Depois, nos dias 27 e 30, já tem as semifinais da Copa do Nordeste, contra o rival Bahia.

publicidade

Salvador

Trânsito em Salvador
-- ºC
-- ºC

    Tábua de Marés

  • Alta04h24
  • Baixa10h30
  • Alta16h49
  • Baixa22h53

Assine o Correio 71 3533-3030

Fale com a Redação 71 3535-0330
Classificados Acheaqui71 3535-3035
Publicidade
71 3203-1812
Rua Aristides Novis, 123, Federação.
CEP: 40210-630 - Salvador, Bahia, Brasil.