A dança das cadeiras no Brasileirão

miro palma
06.12.2019, 05:00:00

A dança das cadeiras no Brasileirão

O CSA era treinado por Argel Fucks, que foi comandar o Ceará, que tinha Adilson Batista como técnico, que foi treinar o Cruzeiro, que estava com Rogério Ceni, que retornou para o Fortaleza, que estava sob a batuta de Zé Ricardo, que foi para o Inter, que demitiu Odair Hellmann, que não treinou mais ninguém. A dança das cadeiras entre os técnicos do Brasileirão é uma verdadeira quadrilha para Carlos Drummond de Andrade nenhum botar defeito.

Em 2019, dos 20 clubes da Série A, apenas três não fizeram mudança no comando técnico: Grêmio, Santos e Bahia. Renato Gaúcho, Jorge Sampaoli e Roger Machado são espécies em vias de extinção. O último a entrar para as estatísticas foi Mano Menezes, demitido do Palmeiras no último dia 1º. Antes disso, estava no Cruzeiro, de onde saiu no início de agosto e foi substituído por Rogério Ceni, que ficou pouco mais de um mês no cargo e deu lugar a Abel Braga, que pediu demissão após dois meses no clube, abrindo a vaga para Adilson Batista, que chegou faltando apenas três rodadas para o encerramento do Brasileirão.

Agora me responda: o que um treinador consegue fazer em dez dias? Porque é basicamente isso que Adilson vai ter no Cruzeiro e Argel no Ceará, por exemplo. Ou em pouco mais de um mês, prazo que tiveram Rogério Ceni e Abel Braga no Cruzeiro, Zé Ricardo no Fortaleza e Oswaldo de Oliveira no Fluminense? Não dá para esperar muita coisa. E o aproveitamento dos clubes comprova isso. Entre os times que mais citei até agora, um já caiu para a Série B (CSA) e os outros dois lutam desesperadamente contra a degola (Cruzeiro e Ceará). 

Ainda assim, toda vez que a má fase se instala, o único remédio é mudar o treinador. Como se todo o planejamento de um clube e todos os deméritos acumulados na temporada estivesses sobre as costas de uma pessoa. Mas, não está. E aí não adianta culpar a torcida pelas cobranças ou, ainda, condenar os técnicos pela “ganância”; cabe aos clubes mudar esse péssimo hábito. Porém, como pedir bom senso de alguns – muitos – cartolas é o mesmo que nada, já passou da hora da CBF intervir nessa questão. Enquanto confederação, cabe a ela zelar pela manutenção da qualidade da competição. E esse troca-troca só contribui para diminuir o nível de competitividade entre as equipes.

Para mim, a norma deveria ser uma só: por ano, nenhum técnico poderia treinar mais que um clube em uma determinada divisão de uma liga. Simples assim: se um treinador assumisse uma equipe da Série A, por exemplo, em caso de demissão – seja ela feita pelo clube ou por vontade própria –, só lhe restaria assumir equipes de outras divisões ou esperar o ano seguinte. Assim, a oferta seria reduzida e as agremiações seriam obrigadas a escolher com mais equilíbrio seus comandantes e pensar duas vezes antes de despedi-los.

Descartar técnicos de futebol como fazem os clubes por aqui não é bom para o esporte. Não se criam projetos, progressos, vínculos. Tudo se resume ao imediatismo das más gestões onde a única decisão é passar a bomba para o colo do outro. Falta uma rodada para o fim do campeonato que premiou o Flamengo, clube que teve “apenas” dois técnicos nessa temporada. Foram seis meses com Abel Braga e mais seis com Jorge Jesus, o que para o padrão atual é quase uma eternidade. Que 2020 traga mais paciência para os times, seus gestores, imprensa e torcida. O futebol agradece. 

Miro Palma é subeditor de Esporte. Escreve às sextas-feiras.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/de-arrepiar-jovens-percursionistas-fazem-apresentacao-no-centro-historico/
Dança, moda e artes plásticas também fazem parte do Coisas do Sim, do Projeto Axé
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/paraguai-extradita-brasileiro-acusado-de-liderar-contrabando-de-cigarro/
Preso desde março de 2019, Luiz Henrique Boscatto foi entregue à PF na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/papa-manda-mensagem-as-familias-das-vitimas-de-brumadinho/
Pontífice lembrou 1 ano da tragédia, completado neste sábado (25)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-e-entenda-o-brexit-o-divorcio-do-reino-unido-da-uniao-europeia/
Prazo final para saída dos britânicos do bloco é dia 31 de janeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cena-de-terror-diz-jovem-que-salvou-irma-de-ser-atingida-por-predio-em-narandiba/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lore-improta-e-taby-lancam-nova-musica-pipoca-veja-clipe/
O balé da produção é composto por crianças da periferia de Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vanessa-da-mata-faz-show-de-novo-disco-na-concha-acustica/
Apresentação acontece neste domingo (26), às 19h, e também relembra sucessos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/o-que-esperar-de-regina-duarte/