Ação vende gás de cozinha a R$ 50 em Salvador nesta sexta; saiba onde comprar

salvador
30.09.2021, 13:01:51

Ação vende gás de cozinha a R$ 50 em Salvador nesta sexta; saiba onde comprar

Serão 100 botijões comercializados com desconto

Uma ação do Sindipetro Bahia vai vender um botijão de gás de cozinha a R$ 50 em Salvador e em outras cidades do interior da Bahia. A ação é uma comemoração aos 68 anos da Petrobrás e tem como objetivo discutir a atual politica de preços da estatal, que está levando aos sucessivos aumentos nos preços da gasolina, diesel e gás de cozinha.  

Nesta sexta (1), a ação acontece em Salvador, a partir das 7h, no bairro do Cabula, onde serão vendidos 100 botijões de gás pelo valor de R$ 50,00, às primeiras pessoas que chegarem à Rua Gilberto Bastos, na comunidade do arenoso (próximo à escola Caminho do Aprender e ao Hospital Roberto Santos).

“A ação, além de ter um viés solidário devido à situação da maior parte da população brasileira, que sofre com o desemprego, a disparada da inflação e os altos preços dos alimentos e gás de cozinha, tem também o objetivo de denunciar a política de Preço de Paridade e Importação (PPI), adotada pela atual gestão da Petrobrás e que é responsável pelos aumentos constantes nos preços dos derivados de petróleo”, explica o Diretor de Comunicação do Sindipetro Bahia, Radiovaldo Costa. 

O PPI leva em conta o preço do barril de petróleo, o do dólar e os custos de importação, o que na pratica significa dizer que a Petrobrás produz em real, mas vende os seus produtos ao consumidor em dólar.

De janeiro a agosto desse ano a gestão da Petrobras subiu 51% a gasolina e 40% o gás de cozinha e o diesel, provocando um efeito cascata que vem sendo sentido pelo consumidor, que está pagando quase R$ 7,00 pelo litro da gasolina e mais de R$ 100,00 pelo botijão do gás de cozinha. 

“Ao contrário do que o governo Bolsonaro vem dizendo, o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) não é o culpado pelo aumento dos produtos derivados de petróleo. “Esta é uma grande mentira que vem sendo contada. A culpa pelos altos preços do gás de cozinha, da gasolina e diesel é do governo federal que insiste em manter a política do PPI na Petrobrás”,  afirma Radiovaldo.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas