Acidente entre ônibus e mais dois veículos mata um e fere mais de 30 na BR-153, em Goiás

brasil
23.12.2017, 11:26:00

Acidente entre ônibus e mais dois veículos mata um e fere mais de 30 na BR-153, em Goiás

A suspeita é que a colisão tenha sido causada pela imprudência do motorista do ônibus

Um acidente envolvendo um ônibus, um caminhão e uma caminhonete matou uma pessoa e deixou mais de 30 feridas na BR-153, em Pontalina, na região sul de Goiás. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a suspeita é que a colisão tenha sido causada pela imprudência do motorista do coletivo.

O acidente aconteceu na tarde de sexta-feira (22). Segundo a PRF, o ônibus saiu de Palmas, no Tocantins, com destino a Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O coletivo levava cerca de 40 ocupantes, entre eles o condutor e o motorista reserva. Testemunhas contaram que o veículo, fretado por uma empresa, seguia em alta velocidade.

Depois de passar por uma curva, o coletivo bateu na traseira de um caminhão carregado com 54 toneladas de algodão. Com o impacto, uma caminhonete que tentava ultrapassar a carreta também foi atingida e jogada para o canteiro central da rodovia.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e, ao chegar ao local, constatou que o motorista reserva do ônibus, que dormia na hora do acidente, morreu na hora. Já dos demais ocupantes do coletivo, 20 sofreram ferimentos leves, foram atendidos no local e liberados.

Outras 11 pessoas tiveram lesões mais graves, sendo que sete foram levadas para o Hospital Municipal de Morrinhos e quatro para hospitais de Goiânia. O G1 tenta informações junto às unidades de saúde para saber sobre o estado de saúde das vítimas.

Tanto o motorista da carreta, quanto da caminhonete escaparam ilesos. Os veículos só foram retirados da pista nesta manhã. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas