Acusado de matar estudante de medicina a facadas na Bahia é preso

bahia
13.10.2021, 16:49:00
(Reprodução)

Acusado de matar estudante de medicina a facadas na Bahia é preso

Ele já tinha passagem na polícia por uma tentativa de homicídio

O suspeito de matar o estudante de medicina Caíque Souza Martins, 22 anos, no domingo (10), em Canarana, foi preso nesta quarta-feira (13), na mesma cidade, por policiais militares. Ele já tinha passagem por um crime de tentativa de homicídio, informou a Polícia Civil.

A prisão foi efetuada por policiais da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Irecê), depois que a Polícia Civil deu início à investigação e identificou o suspeito. Um pedido de prisão temporária foi feito e deferido pelo juiz da comarca de Canarana. O acusado, que não teve nome divulgado, vai responder por homicídio qualificado por crime hediondo.

"Desde o momento em que ocorreu o crime, todas as forças, tanto a Polícia Civil quanto a Polícia Militar, realizaram diligências ininterruptas com a finalidade de efetuar a prisão desse homem. Esse trabalho foi essencial para o cumprimento do mandado de prisão temporária deste envolvido. O reconhecimento dele por testemunhas oculares confirmou as diligências investigativas que já vinham sendo realizadas", diz o coordenador da 14º Coorpin, Ernandes Reis Júnior. 

A polícia não informou o que teria motivado o crime. Também não há confirmação de que outro suspeito esteja sendo procurado.

Morto em praça
Segundo a Polícia Militar, Caíque estava na Praça dos Poderes com amigos quando dois homens se aproximaram e um deles esfaqueou o jovem no peito, sem motivação aparente. Eles fugiram em seguida, mas foram identificado por testemunhas.

O crime aconteceu na madrugada. A PM diz que foi chamada por volta das 5h20 e quando a equipe chegou à Rua Tiradentes já encontrou o estudante sem vida. 

Os PMs isolaram a área e chamaram o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para perícia e remoção do corpo. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas