Al Ain bate o Espérance e vai pegar o River Plate no Mundial

esportes
15.12.2018, 16:39:00
Atualizado: 15.12.2018, 16:46:26
Time dos Emirados Árabes comemora vaga na semifinal do Mundial de Clubes (Foto: Giuseppe CACACE / AFP)

Al Ain bate o Espérance e vai pegar o River Plate no Mundial

Semifinal será na próxima terça-feira (18)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Com o apoio da torcida, O Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, venceu o Espérance, da Tunísia e atual campeão africano, por 3x0, em casa, neste sábado  (15), em partida válida pelas quartas de final do Mundial de Clubes da Fifa, no estádio Hazza Bin Zayed, em Al Ain, nos Emirados Árabes.

Com a vitória, o Al Ain garantiu classificação para enfrentar o River Plate, na terça-feira, às 13h30 (horário da Bahia). Já o Espérance, eliminado, vai decidir o quinto lugar do Mundial contra o Chivas Guadalajara, do México, na terça-feira, às 12h30h, no mesmo estádio, o time mexicano foi derrotado por 3x2 pelo japonês Kashima Antlers em outro duelo das quartas de final.

Estreante na competição, o Al Ain dominou o primeiro tempo e começou o jogo com muita intensidade. Logo no aos 2 minutos de partida, após cobrança de escanteio, Ahmed subiu na área e, de cabeça, abriu o placar para os anfitriões.

E já aos 15 minutos, o Al Ain ampliou. Em rápido contra-ataque que começou da defesa do time árabe, a equipe conseguiu uma bela troca de passes que terminou com as bolas nos pés de El Shahat, que deu dois dribles dentro da grande área e bateu colocado, com categoria, no ângulo esquerdo do goleiro Moez Ben Cherifia para fazer 2x0.

Já no segundo tempo, a equipe da casa continuou dominando a partida e Bandar Al Ahbabi marcou o terceiro gol, que teve participação do meia brasileiro Caio Lucas. Ele fez uma boa jogada pela esquerda e cruzou para o meio da área, onde Al Ahbabi recebeu com liberade e finalizou para garantir o 3x0.

Apesar de conseguir maior posse de bola no segundo tempo, a equipe da Tunísia bem que tentou armar uma reação, porém não conseguiu criar boas chances de gol. 

O Al Ain está no torneio como representante do país-sede, pois foi campeão nacional. O jogo de abertura do Mundial de Clubes de 2018 entre Al Ain, dos Emirados Árabes, e Team Wellington, da Nova Zelândia, foi decidido nos pênaltis. Na última quarta-feira, os times empataram por 3 a 3 em duelo movimentado Abu Dabi. Nos pênaltis, o time local venceu por 4 a 3.

Um dos destaques do Al Ain é o atacante sueco Marcus Berg, ex-Hamburgo e Panathinaikos, que foi o artilheiro dos Emirados Árabes na última temporada, com 25 gols. Já o brasileiro Caio Lucas atuou nas divisões de base do América de Araçatuba e do São Paulo e estreou profissionalmente pelo Kashima Antlers, em 2014.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas