Albert Uderzo, criador de Asterix e Obelix, morre aos 92 anos

entretenimento
24.03.2020, 15:09:00
Atualizado: 24.03.2020, 15:09:05

Albert Uderzo, criador de Asterix e Obelix, morre aos 92 anos

Quadrinista sofreu um ataque cardíaco. Foram vendidas mais de 380 milhões de cópias de suas obras

Um dos criadores dos quadrinhos de Asterix, um dos mais famosos do mundo, Albert Uderzo, faleceu na manhã desta terça-feira (24) aos 92 anos. A família do quadrinista confirmou a morte, que aconteceu na região de Neuilly-sur-Seine, próximo a paris. 

Os familiares anunciaram que o óbito aconteceu por uma parada cardíaca, e também descartaram a possibilidade de ter sido causado pelo novo Coronavírus, que já deixou mais de 500 mortos na França. Seu genro, Bernard de Choisy disse que Uderzo “morreu em sua casa” e que “estava cansado há várias semanas”

Uderzo e Goscinny criaram personagens marcantes para as histórias em quadrinhos (Foto: Divulgação)

Ao lado de René Goscinny (1926-1977), Uderzo deu vida a personagens que ficarão marcados para sempre no mundo das histórias em quadrinhos. Asterix, o gaulês baixinho, ao lado de Obelix, sua eterna companhia, se juntaram a outras incontáveis figuras, como Ideafix, o cachorrinho dos heróis, e o mago Panoramix. 

A obra, lançada pela primeira vez em 1959, acumulou ao longos de décadas 380 milhões de cópias, sendo traduzidas para 111 idiomas. No total foram 24 álbuns produzidos. 

Após a morte de Goscinny, Uderzo cogitou a interromper a criação de novas histórias, mas foi convencido e criou enredos inéditos até 2011, quando passou a supervisionar os novos quadrinhos feito por outros criadores.  
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas