Americana do Tiro conquista primeira medalha de ouro dos Jogos do Rio

Olimpíada
06.08.2016, 11:34:00

Americana do Tiro conquista primeira medalha de ouro dos Jogos do Rio

Virginia Thrasher, de 19 anos, desbancou a chinesa Du Li e venceu na carabina de 10m

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A primeira medalha de ouro dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro já tem dono. Na manhã deste sábado (6) a americana  Virginia Thrasher, de 19 anos, conquistou o ouro na carabina de 10m do tiro esportivo. Para vencer, ela precisou desbancar a chinesa  Du Li, uma das favoritas, que ficou com a prata. A medalha de bronze também foi conquistada por uma chinesa. Yi Siling terminou no terceiro lugar da prova. 

Americana subiu no lugar mais alto do pódio na manhã deste sábado (6) (Foto: AFP)

A conquista é inédita para Virginia, que nunca tinha conquistado uma medalha olímpica, e se torna ainda mais importante por vencer Du Li, que bateu o recorde olímpico da modalidade durante as eliminatórias da carabina de 10m, com marca de 420,7. 

CONFIRA TUDO SOBRE OS JOGOS OLÍMPICOS

Na mesma prova, a brasileira Rosane Budag foi eliminada depois de ficar na penúltima colocação entre os 51 atletas. Ela começou muito mal a prova e afirmou que ficou nervosa loga em sua primeira tentativa. 

"Foi minha pior competição, nunca fui tão mal. Estava nervosa, batimento cardíaco estava alto, não consegui baixar. Perdi muito tempo tentando diminuir os batimentos, por isso minha segunda série foi horrível. Depois dessa segunda série eu pensei: ‘adeus, Jogos Olímpicos’. Da terceira série em diante eu já estava mais tranquila e fiz minhas séries"

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas