Ao melhor estilo Kardashian, família Gil vira tema de reality show

entretenimento
25.06.2022, 05:55:00
(Foto: Divulgação/Prime Video)

Ao melhor estilo Kardashian, família Gil vira tema de reality show

O São João vem aí e além do forró, milho, amendoim, fogueira, farra e tudo mais que a festa junina dá de opção, também será possível virar uma mosquinha e viver um pouco na casa da família Gil. Isso porque na próxima sexta (24), o Prime Video lança seu 'Keeping Up With Kardashians' em versão tupiniquim e revela detalhes do retiro vivido pela família de Gilberto e Flora Gil durante o isolamento em Araras, região serrana do Rio de Janeiro.

Dirigidas por Andrucha Waddington, as câmeras registraram material para cinco episódios da produção que é um pouquinho reality show e um tantinho documentário: "Em Casa com os Gil", que já tem a segunda temporada confirmada pela Amazon.

Nesta primeira etapa, quase 20 integrantes da família se juntam para definir o roteiro da turnê "Nós, A Gente", que vai circular com a própria família Gil por 10 países da Europa a partir do domingo (26). 

Personagens famosos do cotidiano de música e redes sociais aparecem em suas intimidades: Gil, Flora, Bela, Preta, Flor, Nara, João, Francisco, Bem, José, Marília, Maria, Bento, JP Demasi, Mariá Pinkusfeld, Mãeana e outros integrantes da família.

"A Preta que sugeriu há alguns anos. Antes da pandemia, ela tinha uma noção razoável das coisas que aconteciam quando a gente excursionava em turnê pela Europa. Então, ela sugeriu: 'pai, a gente podia ir com a família, ao mesmo tempo, fazer um passeio e cantar por aí. Eu não conheço bem essa coisa de andar pelo mundo'. E eu disse: 'então, vamos embora', recordou Gil durante conversa com a imprensa.

Na coletiva, Gil revelou que ser pai era um sonho de infância e falava isso para sua mãe quando era pequeno: ""É muito conhecida a frase que eu disse para minha mãe aos três anos quando ela me perguntou o que eu queria ser na vida. Eu teria respondido que queria ser musgueiro e pai de menino. A ideia da paternidade era inspirada em mim, ainda criança, no modo que a fraternidade se dava na minha família. Então, eu cresci pronto para ser pai. Nasci para ser pai", conta.

(Foto: Divulgação/Prime Video)
(Foto: Divulgação/Prime Video)
(Foto: Divulgação/Prime Video)

A série mostra alguns momentos em que Gil exerce essa paternidade, mesmo com os netos. Torcedor do Fluminense, ele dá sermão nos filhos e netos flamenguistas após uma derrota do time rubro-negro e ensina que não é possível vencer sempre - nem na vida, nem no jogo.

Num outro corte, responde aos questionamentos de Bento, 18, que vive uma fase questionadora enquanto alterna seu espírito para fazer um dueto com Sereno, décimo e mais jovem Neto de Gil.

Dentro da série também é possível ver coisas de família comum dentro da casa dos Gil: discussões sobre racismo, gordofobia, dúvidas, referências musicais. "Fizemos um reality com uma linguagem documental ou um reality que não se parece com esse tipo de programa. Todo mundo vai poder ver uma família brasileira e diversa numa explosão de emoção", detalhou.

Além do mergulho na intimidade de Gil, é possível conhecer mais de perto outros personagens, mais ou menos afastados dos holofotes. Enquanto o guitarrista Bem Gil, 37, aparecesse falando sobre a importância da turnê para a família enquanto família, podemos ver mais de perto coisas como Bela Gil colocando em prática os conceitos de alimentação saudável e a importância disso para o país como um todo. É interessante a maneira como ela trabalha essas ideias com as crianças da casa de uma forma bem leve: cozinhando e experimentando

Por outro lado, também é interessante ver uma Preta Gil ainda aberta e sincera, mas com um olhar mais cuidadoso e maduro sobre si própria. É literalmente como se fosse uma mistura entre o 'Keeping Up With Kardashian' numa pegada mais 'good vibes' com uma espécie de A Grande Família, que, no desenrolar da trama, se mostra bem interessante de assistir.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas