Após 8x2 no Barça, técnico do Bayern quer intensidade contra Lyon

esportes
18.08.2020, 15:23:00
Atualizado: 18.08.2020, 15:23:06
(Foto: Handout/UEFA/AFP)

Após 8x2 no Barça, técnico do Bayern quer intensidade contra Lyon

"[Eles] deixaram pelo caminho a Juventus e o Manchester City. Acho que isso diz tudo", comentou o treinador Hansi Flick

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O treinador do Bayern de Munique, Hansi Flick, afirmou nesta terça-feira (18) que a sua equipe tem de repetir a intensidade demonstrada frente ao Barcelona - na goleada por 8x2, pelas quartas de final - para conseguir derrotar nesta quarta (19) o Lyon, no estádio José Alvalade, em Lisboa, pelas semifinais da Liga dos Campeões da Europa.

"Estou entusiasmado com a equipe. Temos uma grande intensidade e uma grande qualidade. Isso nos dá confiança. Estou calmo e relaxado porque o time está muito bem. Mas sabemos que temos que ter a mesma intensidade do jogo com o Barcelona para seguir para a final", afirmou Flick, em entrevista coletiva por videoconferência.

O técnico alemão fez muitos elogios ao adversário francês desta quarta-feira. "O Lyon defende bem e corre muito. Sabemos que temos que fazer bem as coisas e que não podemos errar. Queremos chegar à final e sabemos que não vai ser fácil. O Lyon deixou pelo caminho a Juventus e o Manchester City. Acho que isso diz tudo", disse.

O treinador, de 55 anos, confirmou que o lateral-direito francês Benjamin Pavard, titular nesta temporada, se recuperou de uma lesão no pé esquerdo e poderá atuar nesta quarta-feira depois de ter passado os últimos dias em Munique, em recuperação.

Na mesma entrevista coletiva, o atacante Serge Gnabry rejeitou qualquer facilidade contra o Lyon e assumiu o desejo de terminar a temporada como campeão da Liga dos Campeões.

"Seria o final perfeito para uma temporada fantástica. Queremos conquistar a 'Champions'. Mas sabemos que contra o Lyon não será fácil. Juventus e City ficaram pelo caminho. Temos que ir com tudo desde o primeiro minuto, tal como fizemos contra Barcelona, embora saibamos que o Lyon dá menos espaços", analisou o jogador de 25 anos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas