Após adiamento de Roland Garros, temporada do saibro é cancelada

esportes
18.03.2020, 16:56:48
Atualizado: 18.03.2020, 17:16:49
(Foto: Shutterstock/Reprodução)

Após adiamento de Roland Garros, temporada do saibro é cancelada

Circuito do Tênis só deve retornar com preparativos para Wimbledon, disputado na grama

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O tênis em 2020 terá um calendário muito menor que o de costume. Por causa da evolução da pandemia de coronavírus, a ATP e a WTA, federações internacionais responsáveis pelas competições masculinas e femininas do esporte, respectivamente, pelo cancelamento total dos torneios disputados em quadra de saibro. O único que permanecerá será Roland Garros, adiado para setembro.

Desta forma, não acontecerão as provas de ATP de Munique, Estoril, Genebra e Lyon, os WTA de Strasburgo e Rabat, além de Madri e Roma, disputados em conjunto nos níveis Masters 1000 de Premier. Assim, o retorno da temporada só deve ser feito em junho, em preparação para Wimbledon, que é realizado em grama.

A ideia por trás dos cancelamentos, segundo o comunicado emitido pelas feredações, é dar mais tempo para que a pandemia seja contida e esperar até que as competições possam voltar à normalidade, já que recebem atletas de todo o mundo.

O plano é que o circuito de tênis volte a partir de 8 de junho, com o ATP de Stuttgart, na Alemanha, o WTA de Nottingham, na Inglaterra, e o s-Hertogenbosch, na Holanda, com disputas masculinas e femininas.

Até nova ordem, os rankings de ATP, WTA e ITF serão congelados - ou seja, os jogadores vão manter seu pontos e posições até que as competições retornem. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas