Após conseguir sair da Ucrânia, volante Edson chega ao Brasil

esportes
03.03.2022, 14:30:00
Edson recebeu o carinho da família ao chegar no Brasil (Foto: Reprodução/TV Cabugi)

Após conseguir sair da Ucrânia, volante Edson chega ao Brasil

Ex-jogador do Bahia relatou o alívio por fugir da guerra

Ex-jogador do Bahia, o volante Edson desembarcou no Brasil, na manhã desta quinta-feira (3), após conseguir deixar a Ucrânia. Edson foi recebido por parentes em Natal, no Rio Grande do Norte, e não escondeu a emoção por ter escapado da guerra no país europeu. 

"É uma sensação de alívio, né? Aproveito para agradecer a todo mundo que estava torcendo pela minha saída e de meus amigos. Graças a Deus a gente conseguiu sair de lá, daquele momento difícil que a gente viveu. Só sabe quem estava lá. Foi difícil pra caramba, mas a gente está aqui e agora vamos descansar e aproveitar a família", disse ele à TV Cabugi.

Edson deixou o Bahia em janeiro para atuar pelo Rukh Lviv, da Ucrânia. Após o início do conflito entre Rússia e Ucrânia, o jogador viveu uma peregrinação para conseguir deixar o país. Ao todo, foram cinco dias até conseguir sair do território ucraniano.

Primeiro, o volante seguiu de Lviv, cidade onde atuava, até a fronteira com a Polônia - parte do percurso foi feita a pé -, mas não teve sucesso. 

Com a ajuda de uma brasileira que entrou na Ucrânia para ajudar os refugiados, ele seguiu até a Hungria, onde recebeu autorização para entrar. Em solo húngaro, Edson conseguiu voltar ao Brasil. 

Apesar de ter reencontrado a família em Natal, o jogador revelou que não deve ficar muito tempo no Rio Grande do Norte. Ele tem viagem agendada para São Paulo onde encontrará o seu empresário para definir o futuro. Existe a chance de que ele seja emprestado pelo Rukh Lviv para outro clube. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas