Após três derrotas, Luxemburgo elogia evolução do Tianjin Quanjian

Futebol
25.01.2016, 09:38:00

Após três derrotas, Luxemburgo elogia evolução do Tianjin Quanjian

Time chinês encara o Vitória nesta terça-feira (26), na Fonte Nova, e deve ter a estreia de Geuvânio

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Adversário do Vitória no amistoso desta terça-feira (26), em amistoso na Arena Fonte Nova, o Tianjin Quanjian não tem vivido um bom momento desde que chegou ao Brasil. Nos três primeiros testes em solo verde e amarelo foram três derrotas para XV de Piracicaba (2 a 1), Bragantino (4 a 0) e Taubaté (4 a 2). Mas se engana quem acha que o técnico brasileiro Vanderlei Luxemburgo está com uma dor de cabeça por conta do rendimento da equipe. 

O professor Luxa comemorou a evolução do time, que sofreu dez gols em três jogos. Um dos alentos para o treinador pode ser a parceria entre Jadson e Luís Fabiano. Foi do atacante ex-São Paulo um dos gols contra o Taubaté, com lançamento perfeito efetuado por Jadson.

Luís Fabiano é uma das estrelas do time chinês (Foto: Reprodução/Tianjin Quanjian)

"Estamos evoluindo. Vocês, que acompanham nossos treinos todos os dias, já perceberam que tenho feito pouquíssimo trabalho tático. Estamos focando na evolução física e na parte técnica nesse início de pré-temporada. E vi coisa boa", disse o treinador ao Globo Esporte.

Diante do Leão, a expectativa é de que mais um brasileiro faça sua estreia. Geuvânio deixou o Santos e foi mais um atraído pelo dinheiro chinês. Ele já iniciou os treinamentos com a equipe em Atibaia, em São Paulo. Enquanto os brasileiros não embalam, o meia Li Xing Chan tenta ganhar destaque durante as partidas no Brasil.

"Ele é muito franzino. Ganhou três ou quatro quilos com a Patrícia (nutricionista). Você vê que o pessoal toca nele e ele cai em campo, não consegue segurar. Mas ele é canhoto, tem habilidade, tem a parte técnica, então vai nos ajudar muito lá, sim", avaliou o treinador. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas