Após triunfo em casa, Gregore mira consolidação em sequência fora

e.c. bahia
08.10.2020, 15:44:00
Gregore comemorou vitória sobre o Vasco e diz que Bahia precisa manter a pegada (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Após triunfo em casa, Gregore mira consolidação em sequência fora

Tricolor agora vai visitar Fluminense e Goiás pelo Brasileirão

O Bahia voltou a respirar no Campeonato Brasileiro. O triunfo sobre o Vasco, por 3x0, na noite desta quarta-feira (7), no estádio de Pituaçu, quebrou o jejum de cinco jogos sem vencer em casa e afastou o tricolor da zona de rebaixamento.

Com 15 pontos, o Esquadrão é agora o 12º colocado, mas vai terminar a rodada em 13º por conta do confronto entre Athletico-PR e Ceará, hoje, na Arena da Baixada. Independente disso, na análise do volante Gregore o momento é do Bahia se consolidar e garantir mais triunfos, sejam eles em casa ou fora.

Os próximos dois confrontos do tricolor serão longe de Salvador. No domingo (4), o time visita o Fluminense, às 16, no Maracanã, no Rio de Janeiro. Já na sexta-feira (16), o adversário será o Goiás, no estádio da Serrinha, em Goiânia.

"Agora temos dois jogos fora de casa que serão complicados, mas temos uma equipe focada e buscando os melhores resultados. Temos que manter o ritmo que apresentamos contra o Vasco e impor nosso jogo para buscar pontuar fora, que é muito importante, e subir na tabela pra alcançar nossos objetivos", afirmou o capitão tricolor.

Nesta quinta-feira (8), o elenco do Bahia volta aos treinos e inicia a preparação para o duelo contra o Fluminense. Gregore ainda não sabe se estará à disposição para o confronto no Rio de Janeiro.

Nesta sexta-feira (9), o volante vai ser julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pela expulsão na derrota para Grêmio, por 2x0, em Pituaçu. Enquadrado no artigo 254 do do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que aborda prática de jogadas violentas, ele pode pegar entre um e seis jogos de suspensão. 

Além de Gregore, o zagueiro Juninho também será julgado, mas pela expulsão na partida contra o Atlético-GO, que terminou com derrota tricolor por 1x0. O defensor foi denunciado no artigo 254-A, que trata de prática de agressão física. Caso punido, Juninho pode pegar entre quatro e 12 jogos de suspensão.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas