Aposentado é preso acusado de tentar matar duas meninas de 11 anos em Feira de Santana

bahia
21.08.2013, 15:28:00

Aposentado é preso acusado de tentar matar duas meninas de 11 anos em Feira de Santana

A polícia acredita que Estevão de Souza Barreto, 72, seja pedófilo, mas hipótese de que ele estaria abusando de criança ainda é investigada

Da Redação
Atualizada às 18h48

Um aposentado foi preso na manhã desta quarta-feira (21) acusado de tentar matar duas crianças de onze anos em Feira de Santana, município localizado a 107 km de Salvador. Estevão de Souza Barreto, de 72 anos, foi detido pela Polícia Militar no bairro Campo do Gado Novo, onde mora.

Segundo informações da delegacia de Feira, Estevão teria tentado inicialmente matar uma garota de 11 anos golpeando-a na cabeça com um martelo. O pai da vítima, o ajudante de pedreiro Felipe Teles Menezes, foi chamado por um de seus filhos que o alertou sobre a tentativa de homicídio.


Estevão foi preso acusado de tentar matar duas crianças (Foto: Acorda Cidade)

O pai chegou e conseguiu salvar a criança. O acusado então tentou fugir e sacou um revólver, atirando em outra menina também de 11 anos.

Ele então seguiu para o seu veículo quando, então, foi interceptado pelos policiais militares. Dentro do carro, foram encontrados fogos de artifício, um botijão de gás e garrafas de óleo diesel e gasolina. A polícia acredita que Estevão tenha tentado se matar explodindo o veículo antes de ser preso.


No carro do suspeito foram encontrados um botijão de gás e artefatos explosivos (Fotos: Acorda Cidade)

Segundo a delegada Luciene Bugia, Estevão foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e já foi encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana. "A gente vai concluir o inquérito, relatar e encaminhar", diz a delegada. Segundo ela, denúncias de que Estevão também teria cometido crime de pedofilia serão investigadas pela Delegacia para Adolescente Infrator (DAI).

As duas meninas estão internadas no Hospital da Criança e não há detalhes sobre o estado de saúde delas.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas